Rachel Sheherazade aponta “Mensalão do Jair” em toma lá, dá cá armado por Bolsonaro

Rachel Sheherazade
Rachel Sheherazade toma atitude contra Bolsonaro (Imagem: Reprodução – SBT / Montagem – RD1)

Rachel Sheherazade causou polêmica com uma afirmação grave sobre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A jornalista acusou o Chefe do Executivo de trabalhar a favor da compra de deputados e senadores em meio ao clima de votação no Congresso, numa espécie de “Mensalão do Jair”.

Atenta ao trabalho do governo na busca de votos aos seus escolhidos, Sheherazade mandou um recado direto ao procurador-geral da República, Augusto Aras:

“Atenção, Augusto Aras. Pulam depoimentos de deputados e senadores afirmando que o presidente Jair Bolsonaro está promovendo um novo Mensalão com troca de liberação de verbas por votos em favor do candidato governista Arthur Lira. Que tal abertura de um inquérito?”.

Vale lembrar que o mensalão foi um esquema de desvio de dinheiro público, organizado por alguns membros do Partido dos Trabalhadores (PT), na época do Governo Lula, em 2005, para pagar deputados federais da base aliada em troca de votos favoráveis aos projetos do governo.

Nesta semana, Rachel Sheherazade deu um choque de realidade no presidente, exigiu dele a volta integral do Portal da Transparência e sugeriu que ele divulgasse os gastos do cartão corporativo.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›