Rachel Sheherazade solta um “nem Lula nem Bolsonaro” e gera revolta

Rachel Sheherazade se posiciona contra Lula (Imagem: Reprodução / Instagram)

Rachel Sheherazade tem se posicionado cada vez mais contra o Governo Bolsonaro, porém, o que muita gente não esperava era que ela também seria contra uma possível candidatura de Lula (PT).

No passado, ela foi uma das maiores representantes da Direita brasileira, mas, ao rever seus conceitos, passou a emitir opiniões opostas às de antes. Entretanto, mostrou que não deu o braço a torcer quanto ao PT.

Em seu perfil no Instagram, a jornalista publicou uma foto que dizia: “Entenda que ser contra Bolsonaro não significa que você apoia Lula e ser contra o Lula não significa que você apoia Bolsonaro”.

Nos comentários, ela foi bastante aplaudida, mas acabou dividindo opiniões entre alguns, que acreditam que esse discurso é dito, na maioria das vezes, por quem escolhe Jair Bolsonaro quando as únicas opções são os dois candidatos.

“São muitas alternativas, mas só sobram esses dois no segundo turno e quem vem com esse papo sempre se abstêm de votar ou vota no Bozo no final”, disparou um internauta.

“Não existe comparação entre os dois. O pandemônio Bozo é antidemocrático e facista. É a mesma coisa de querer comparar Hitler a qualquer político”, declarou outro, revoltado com o comparativo.

Outras pessoas, porém, contra argumentaram e disseram que esse discurso de Rachel foi apenas na teoria, já que, na prática, ela segue Lula nas redes sociais e não segue o atual presidente.

Vale lembrar que, recentemente, Rachel Sheherazade abriu um processo milionário contra o SBT e Silvio Santos. Agora, novas informações sobre a causa acabam de vir à tona, segundo informações obtidas pelo Notícias da TV.

Ela foi demitida em agosto de 2020 e, segundo o processo de 522 páginas, a jornalista exige R$ 20 milhões, alegando que nunca recebeu nenhum direito trabalhista, como férias remuneradas e 13º salário.

Além disso, Rachel acusa Silvio Santos de assédio moral e humilhação em rede nacional, alegando que foi vítima de censura e boicote por parte da chefia de Jornalismo da emissora.

Foram citados episódios que aconteceram ao longo dos nove anos e sete meses em que ela trabalhou na empresa, como quando, no evento do Troféu Imprensa realizado em 2017, ela se sentiu humilhada em rede nacional.

“Eu te chamei para você continuar com a sua beleza, com a sua voz, foi para ler as notícias, e não dar a sua opinião. Se quiser falar sobre política, compre uma estação de TV e faça por sua própria conta”, disparou Silvio, na ocasião.

Ele é acusado de ter tomado uma “atitude nitidamente machista, [que] colocou a figura feminina numa posição em que a beleza física é supervalorizada em detrimento dos atributos intelectuais”.

Confira:

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›