Rafael Vitti emociona ao rasgar elogios à Tatá Werneck

Rafael e Tatá
Rafael Vitti fez uma declaração para Tatá Werneck emocionante nas redes sociais, após atriz ser duramente criticada (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

O ator Rafael Vitti usou as redes sociais para fazer uma declaração à esposa, Tatá Werneck. No perfil do Instagram, ele compartilhou fotos e vídeos da apresentadora cuidando da filha deles, Clara Maria, de 1 ano e 6 meses, e escreveu na legenda:

“Registros que valem mais que mil palavras. Feliz Dia das Mamães, mindu. Não foi por acaso que Clarinha te escolheu. Te amamos”.

Nos comentários, Tatá respondeu ao companheiro: “Minha família é minha vida“. A humorista vive um momento delicado. Além de ter perdido o amigo Paulo Gustavo, vítima da Covid-19, Tatá foi duramente criticada ao ser clicada no velório dele usando três máscaras para se proteger.

No Twitter, Tatá desabafou: “Gente vou dar um tempo do Twitter. Adoro ficar aqui conversando com vocês. Tem pessoas mto lindas e carinhosas aqui! Mas ver gente ridicularizando minha proteção, meu medo depois de perder um amigo e sobre a roupa que usei é difícil demais. Magoa mto quem já tá magoado“.

Em outra publicação, ela complementou, dizendo: “E se quiserem me ridiculizar mas eu estiver salvando a vida de alguém que vai passar a se cuidar, pra mim vale a pena. Beijos”.

Em uma das críticas, uma mulher escreveu: “Essa é a Tatá Werneck no velório/crematório do Paulo Gustavo. Me perdoem, mas tudo o que eu amava essa mulher, peguei ranço“.

Assustada com o comentário, a humorista questionou:

Gente, que isso? Pra que esse nível de ataque a mim? Eu tenho pânico, eu moro com meus pais, com minha filha, tenho medo por mim. Tem ranço porque eu quero me proteger? Tô impressionada com o nível de ódio gratuito. Eu nunca saí de casa que não fosse pra trabalhar. Pensei muito em ir, mas tô tão deprimida e negando tudo que aconteceu que eu precisava ver pra entender. Fiquei 15 minutos e saí. Você nunca conheceu alguém com síndrome do pânico? Nossa, estou de fato muito triste pelo seu ódio gratuito, ainda mais num dia que eu tô sofrendo pra cacete. Não precisava de nada disso“.

A mulher, então, respondeu: “Oi Tatá, como vai? Ranço vem desde o alarde que somente você tem feito com essa morte, coisa que nunca vi na vida. O marido dele em silêncio, a mãe, os colegas de cena. Você está over. Você acabou de enterrar seu melhor amigo e está tirando satisfações comigo em direct de Instagram? Tudo isso porque dei minha opinião no que julgo exagero? Olha, de fato, está tudo errado mesmo. Que Deus te abençoe, beijo“.

Tatá finalizou a discussão: “Quem é você pra medir meu nível de dor e amor pelo Paulo? As pessoas lidam como bem entendem. Eu não vim tirar satisfação. Eu vim tentar entender por que esse ódio gratuito. Mas não sou trouxa. Você é escrota. Sei o quanto o Paulo gostaria do maior número de homenagens possíveis. Eu falava com o Paulo todos os dias. Sei o que ele gosta. Aff. Amarga“.

Veja mais ›