Record celebra aniversário com especial “As Grandes Entrevistas de Marcelo Rezende”

Fabíola Gadelha e Percival de Souza comandam primeira edição de “As Grandes Entrevistas de Marcelo Rezende” (Imagem: Divulgação / Record)

A Record vai se servir de seu aniversário de 65 anos para resgatar material jornalístico produzido por Marcelo Rezende, um dos maiores nomes da história recente do canal, vítima de câncer no pâncreas em setembro do ano passado.

A partir desta quinta-feira (23), às 22h30, na faixa ocupada até a semana passada pela reprise de “A Lei o Crime”, a emissora exibe o especial “As Grandes Entrevistas de Marcelo Rezende”.

Para conduzir a atração, a Record escalou nomes que trabalharam com Rezende no “Cidade Alerta”: Bruno Peruka, Fabíola Gadelha, Lilliany Nascimento, Luiz Bacci, Percival de Souza e Silvye Alves – o amigo Geraldo Luís ficou de fora.

Fabíola e Percival respondem pelo primeiro programa, com duas entrevistas de Marcelo exibidas originalmente no “Domingo Espetacular”: goleiro Bruno e Hildebrando Pascoal.

O encontro de Marcelo Rezende com Bruno, acusado da morte de Eliza Samudio, se deu na cadeia, em 2013. Na ocasião, o repórter o questionou sobre o sumiço do corpo de Eliza, de uma forma engenhosa, fazendo alusão a Bruninho, filho do atleta com a ex-modelo. “E deixa eu te perguntar uma coisa. Uma criança hoje é muito ligeira, e se ele te perguntar: ‘onde está o corpo da minha mãe?’, o que é que você vai dizer pra ele?”.

A conversa com Hildebrando guarda momentos de tensão. O entrevistado ameaçou abandonar a gravação quando Rezende o questionou: “Lhe chamam de assassino, de narcotraficante, de sonegador, de chefe de grupo de extermínio, de capo do narcotráfico nessa área de fronteira com a Bolívia, lhe chamam de tudo. O que é que o senhor tem para dizer de tanta acusação?”. Pascoal, ex-coronel da PM e ex-deputado, foi acusado de liderar um grupo de extermínio no Acre.

Saiba Mais:

Record sonda Theo Becker, ex-global e panicat para “A Fazenda”

Incêndio atinge galpão de “Jesus”, novela da Record

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

WordPress Lightbox