Record News
Antonio Guerreiro e Rogério Gallo comandam reformulação da Record News (Imagem: Edu Moraes / Record)

A reformulação no jornalismo da Record – que causou a contratação de Sérgio Aguiar e o afastamento de Janine Borba e Paulo Henrique Amorim do “Domingo Espetacular” – vai se estender à Record News. Segundo informações das jornalistas Cristina Padiglione e Patrícia Kogut, um novo projeto para o canal de notícias foi apresentado ao departamento comercial nesta semana. Há, inclusive, uma mudança de nome em curso.

A emissora passaria a atender por Record.News (Record ponto news), adotando o slogan “Onde você estiver”. A ideia é disseminar conteúdo do canal de notícias nas mais diversas plataformas, do celular à TV aberta. Internamente, as mudanças em estudo foram apelidadas de “MTV da notícia”, por conta da presença de Rogério Gallo, ex-MTV, no projeto.

Também pelo desejo de apostar em jovens apresentadores, adotando uma linguagem de fácil assimilação – como a Globo faz com o “G1 em 1 Minuto”. Ainda, o foco em imagens, análise de especialistas e conteúdo de site populares nas redes sociais, como BuzzFeed. O vice-presidente de jornalismo da Record, Antonio Guerreiro, já consentiu com a reformulação, prevista para o próximo semestre.

Esta não é a primeira reforma da Record News. Quando lançada, em 2007, a emissora contemplava o factual, quase 24 horas. Em 2011, a chegada de Heródoto Barbeiro, ainda apresentador e editor-chefe do “Jornal da Record News”. Anos após servir de apoio para a Record em coberturas como dos Jogos Olímpicos e Pan-Americanos, o canal foi “esvaziado”, passando a contar, inclusive, com conteúdo da Igreja Universal do Reino de Deus.

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

SIGA AGORA