Record pede e Bolsonaro impede abertura de capital estrangeiro na mídia

Record
Jair Bolsonaro em culto da Igreja Universal com Edir Macedo, dono da Record (Imagem: Reprodução / Record)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) aceitou um pedido feito pelo bispo Edir Macedo, dono da Record, e vetou uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) do Ministério das Comunicações relacionada à entrada de grupos estrangeiros no controle de empresas de comunicação do país.

A conversa entre Bolsonaro e Macedo ocorreu há cerca de dois meses, segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, que conversou com assessores do Palácio do Planalto.

A assessoria do líder da Igreja Universal disse que o bispo “jamais conversou com o presidente da República, Jair Bolsonaro, sobre qualquer assunto relacionado a propostas de emenda constitucional”.

A Constituição proíbe

Hoje, a Constituição autoriza a participação financeira de grupos internacionais em até 30%, mas veta estrangeiros no controle de empresas de comunicação. Globo, Band e RedeTV! defendem a entrada irrestrita dos estrangeiros.

Os canais concorrentes da Record perceberam que a emissora aliada do governo encontrou uma maneira de retardar a internacionalização dos concorrentes, que por sua vez buscam parceiros globais.

Ministério nega

Ainda de acordo com a reportagem, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, negou as informações. “Esse governo é totalmente contrário à entrada de estrangeiros. E digo mais: nem o PT é a favor dessa abertura”, frisou. Ele negou uma PEC sobre o assunto.

No entanto, em janeiro deste ano, Faria afirmou em um evento da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) que a pasta passaria a discutir o fim das restrições a estrangeiros na mídia. Isso ajudaria o Brasil na busca por uma vaga no grupo de países.

O SBT estaria em busca de compradores. A Band, por outro lado, teria interesse em um parceiro comercial em troca de 49% de participação no grupo. A Record seria a única contra a proposta.

Ao longo do mais de mil dia de governo, Record, SBT e RedeTV! se mostraram as principais aliadas do mandato de Jair Bolsonaro, alvo de críticas de Globo e Band.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›