William Bonner garante a Globo com força total na eleição de 2022

William Bonner
William Bonner promete empenho da Globo na cobertura da eleição 2022 (Imagem: Reprodução / Globo)

William Bonner confirmou a Globo como protagonista na cobertura da eleição 2022. O anúncio foi feito durante o lançamento da programação do ano que vem. O âncora do Jornal Nacional esteve ao lado de Maria Beltrão e Leilane Neubarth.

Principal nome do jornalismo da TV da família Marinho, William Bonner prometeu uma atenção especial da Globo ao assunto. A conversa rolou dentro do Estúdio i, da GloboNews.

Os jornalistas destacaram a isenção e a correção do noticiário, que serão fundamentais em um ano eleitoral, e que ainda caminhará no combate à pandemia.

Maju Coutinho e Guga Chacra também participaram remotamente e lembraram a importância da capilaridade da Globo através de suas afiliadas – para isso, trouxeram para a conversa o apresentador do NETV, Pedro Lins.

Globo x Bolsonaro

Depois que o correspondente Leonardo Medeiros foi atacado por seguranças e manifestantes apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em Roma, a Globo emitiu uma nota e responsabilizou o “capitão” pelo episódio.

Além dele, uma integrante da Folha de S. Paulo foi ameaçada por bolsonaristas e salva por um colaborador da BBC. Jamil Chade, do UOL, teve o seu celular retirado de sua mão por um dos seguranças do presidente.

“Quem contratou os seguranças?”, questionou Tadeu Schmidt, no Fantástico, no último domingo (31). “Quem deu a eles a orientação para afastar jornalistas com o uso da força? Os responsáveis serão punidos?”, indagou.

“A Globo está buscando informações sobre os procedimentos necessários para solicitar uma investigação às autoridades italianas”, garantiu.

A direção da emissora chegou ao entendimento que “a retórica beligerante do presidente Jair Bolsonaro contra jornalistas está na raiz desse tipo de ataque”, mas avisou que “essa retórica não impedirá o trabalho legítimo da imprensa”.

“Perguntas continuarão a ser feitas, os atos do presidente continuarão a ser acompanhados e registrados. É o dever do jornalismo profissional. Mas essa retórica pode ter consequências ainda mais graves. E o responsável será o presidente”, reafirmou.

MAIS LIDAS

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›