Relembre os mais marcantes barracos da história do Big Brother Brasil

Big Brother Brasil
Relembre os mais marcantes barracos da história do Big Brother Brasil (Imagem: Reprodução / Globo)

O Big Brother Brasil é um jogo de convivência diária que dura aproximadamente três meses, então se torna natural que role conflitos e até mesmo brigas. Com a proximidade do BBB20, relembre os barracos mais marcantes do reality show da Globo.

No BBB2 tivemos o inesquecível barraco entre Tina e os homens da casa. A paulista ficou muito irada por não achar seu boné e culpou Fernando. Como vingança, ela espalhou a roupa de todos os caras — guardadas nas estantes — pelo quarto, promovendo a maior bagunça e chocando todos. Fernando jogou as malas de Tina na piscina, como contra-ataque.

Cumprindo o castigo das perucas vermelhas do BBB4, Marcela começou a provocar Solange por ter se aproximado mais intimamente de Rogério e insinuou que ela teria transado com o rapaz. A musa do “iarnuô” disse que a rival é descontrolada e que infernizou a vida de Juliana. Marcela começou a xingar e desmerecer características físicas e Solange devolveu, até mesmo sambando na frente dela. Uma briga que, no final, acabou arrancando risos dos colegas.

A briga entre Airton e Diego Alemão no BBB7 rendeu o lendário bordão do “anda pelado, anda de sunga branca”. O campeão da temporada se irritou após os brothers terem tirado sua cueca e tê-lo deixado totalmente nu na casa. O designer rebateu dizendo que não era a primeira vez que o paulista ficava pelado na casa e o acusou de hipocrisia.

Marcelo era um dos mais pilhados do BBB8 e eternizou a frase “Você tem 3 minutos” nas vezes que ele brigou no programa. O psiquiatra ficou intrigado depois de ter sido votado por alguns participantes e se voltou contra Thalita, a acusando de falsidade e dizendo que ela nunca representou nada na vida dele. Fernando tomou partido da amiga e confrontou Marcelo, o primeiro acusou o outro de jogar baixo e o segundo trouxe falsidade à tona.

Mayra Cardi chegou ao BBB9 na quinta semana, depois de todo os outros concorrentes. Francine declaradamente não curtiu a presença da nova participante e criticou a proximidade dela com Flávio, um de seus melhores amigos, a acusando de estar iludindo ele. Mayra rebateu Fran, dizendo que ela tinha simplesmente virado a cara pra ela sem motivo e a chamou de burra.

Na reta final do BBB9, aqueles que eram mais amigos acabavam se conflitando. Com a memorável frase do “olha no meu olho”. Lia acusou Dicesar de mentir durante o confinamento e — também — acusou Fernanda de tê-la chamado de falsa durante as justificativas de voto no confessionário. Aos berros, a drag queen e a dançarina se chamaram de mentirosos.

Diogo e Paulinha eram próximos no BBB11 e travaram uma intensa discussão na casa. Trocando gritos e xingamentos, o baiano se revoltou ao ter recebido voto da amiga e a chamou de falsa. A briga basicamente se estendeu nesse assunto, com Paula reclamando de Diego falar e sair, e o brother expondo sua decepção.

O BBB12 foi marcado pela divisão entre os habitantes do quarto Praia e do quarto Selva, trazendo uma configuração totalmente polarizada ao jogo. Ronaldo disse que Kelly era falsa, depois da sister ter pedido ajuda para lavar pratos. O brother ainda se virou contra Fabiana, a chamando de atriz e dizendo que ela usa o filho como proteção, causando revolta na rival.

Os dois trocaram várias acusações, mas não se soube o real motivo do início da briga. O barraco entre Aline e Kleber Bambam aconteceu durante a primeira prova de resistência do BBB13. O embate entre eles rendeu icônicas frases como “Meu corpo é blindado, sua praga não pega” e “Não sabe brincar não desce pro play”. No ao vivo, Aline condenou a atitude de Bambam, que dias depois desistiu de sua segunda chance.

Na mesma edição, Anamara confrontou Fernanda depois de ter sido votada, no paredão que consequentemente a eliminou. A retornante ironizou a campeã da temporada por “fazer cara de sofrimento” após votar nas pessoas. Kamilla tomou partido, a gritaria tomou conta da conversa e Anamara acusou Fernanda de tê-la empurrado.

No BBB14, Cassio acusou Marcelo de estar assediando Angela, que estava bêbada na ocasião. O acusado se defendeu, dizendo que elas palavras eram muito fortes e precisou ser segurado para não agredir o então estudante de publicidade. O barraco foi tão intenso, que um pedaço do vidro do quarto pegou no rosto de Clara, causando um leve corte.

O BBB16 foi um verdadeiro celeiro de barracos, sendo que boa parte deles foi causado por Ana Paula, expulsa por agressão posteriormente. O líder Renan indicou Ana a seu terceiro paredão e a emparedada enfrentou Juliana, que foi derrotada. Durante uma festa, a loira meio bêbada, as duas falaram o que pensavam uma da outra, em meio a gritos e provocações. O embate não parou aí e as duas se provocaram até sair.

Durante o BBB 2018, Mahmoud reclamou por Jaqueline não ter lhe dado a imunidade do anjo, depois de ter prometido. A loira negou que aconteceu a conversa dos dois no escuro do quarto, mas foi desmentida quando foi eliminada. A conversa passaria em branco se Ana Paula — a bruxinha — não repassasse o que ouviu.

WordPress Lightbox