Renan Calheiros pede para Neymar convencer Seleção a recusar Copa América no Brasil

Renan Calheiros
Por causa da pandemia, Renan Calheiros pede ajuda a Neymar para barrar a Copa América no Brasil          (Imagem: Reprodução – TV Senado – Instagram /Montagem – RD1)

Relator da CPI da Pandemia, Renan Calheiros (MDB) pediu encarecidamente para que Neymar não faça parte do grupo da CBF que apoia a realização da Copa América no Brasil.

O senador tomou apalavra antes da sabatina com a médica Nise Yamaguchi e fez um apelo ao jogador, ao técnico Tite e todos os integrantes da Seleção Brasileira. O desabafo surgiu após a repercussão da notícia de que o Brasil seria a sede da Copa América após o seu cancelamento na Colômbia e na Argentina.

O político começou impressionado com a iniciativa da CBF e o apoio do Governo Bolsonaro para a realização do evento. “Inacreditável que o governo queira sediar a Copa América aqui no Brasil”, lamentou.

Ele disse que perdeu a esperança de um contato direto com o Palácio do Planalto, chamou a CBF de “negacionista e irresponsável”, citou os jogadores da Seleção Brasileira e, em especial, Neymar.

“Realizar a Copa América no Brasil é transformar essa Copa em campeonato da morte. Já que a CBF tem se transformado em negacionista irresponsável, quero me dirigir à Seleção Brasileira, ao seu treinador e jogadores. Ao Neymar! Neymar, não concorde com essa Copa América no Brasil”, implorou.

“Não é esse campeonato que precisamos disputar. Nós precisamos ganhar o campeonato da vacinação. Nesse campeonato, o Brasil ocupa um dos últimos lugares. No campeonato da morte, somos o segundo colocado. Não permita que o Brasil entre nesse campeonato da morte”, continuou Renan Calheiros.

“É esse campeonato que nós precisamos disputar, ganhar e que você precisa marcar gols, Neymar”, desabafou o senador. “Não permita entrar em campo nessa Copa, Neymar, enquanto seu amigos, seus parentes e conhecidos continuam a morrer”, finalizou.

Até o momento, o comentário feito pelo senador não provocou a manifestação de Neymar ou da sua equipe de assessores.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›