Renata Lo Prete volta a mandar a real sobre atitude de Bolsonaro na Globo

Renata Lo Prete
Renata Lo Prete surpreende com nova crítica a Bolsonaro (Imagem: Reprodução / Globo)

Renata Lo Prete voltou a soltar o verbo contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), nesta quinta-feira (9), no Jornal da Globo. A apresentadora analisou que o chefe do Executivo não mostrou nenhum sinal de moderação ao declarar que não quis agredir nenhum dos Poderes.

“O dia foi confuso e difícil de ler, mas vamos tentar chamar as coisas pelos nomes certos. O presidente Bolsonaro não recuou nem se comprometeu com nenhum tipo de moderação”, disparou a âncora.

Renata Lo Prete seguiu: “O que aconteceu com ele nós já vimos acontecer outras vezes. É o seguinte: ele sentiu o cheiro do perigo depois de anunciar um crime de responsabilidade com todas as letras no 7 de setembro e de insuflar os caminhoneiros em uma mobilização que quase saiu de controle”.

“Ele buscou proteção, curiosamente fora do governo, na figura de Michel Temer, que é um sobrevivente na política e que aperta botões que ele não consegue apertar. Vai durar só até Bolsonaro se sentir seguro o bastante para atacar de novo”, completou a âncora do telejornal.

Nas redes sociais, a fala da jornalista foi exaltada por muitos internautas. “A Renata Lo Prete é muito certeira cara sem papa na língua. Braba demais“, comentou um usuário do Twitter.

“Sem dúvida alguma, a Renata Lo Prete conseguiu dar ao #JornalDaGlobo um tom que foge dos demais (inclusive da própria Globo). Mais direto, assertivo, opinativo e crítico. Acho, hoje, o melhor jornal da TV (pena que tão tarde)”, elogiou outro.

Na última terça-feira (7), ela fez uma edição do Jornal da Globo com posicionamentos bem firmes contra o presidente. Durante o telejornal, a apresentadora mostrou os discursos do político contra o Supremo Tribunal Federal e reagiu às falas.

“Falando a apoiadores neste 7 de setembro, o presidente Jair Bolsonaro atropelou o Congresso e o Supremo, ou seja, os dois poderes da República que não aquele que ele chefia. O Congresso, ao ressuscitar a conversa de voto impresso já enterrada pelos parlamentares, que tem a prerrogativa de decidir sobre isso. E o Supremo, ao dizer que não vai mais respeitar decisões do ministro Alexandre de Moraes”, iniciou a jornalista.

Num outro momento do noticiário, a âncora acrescentou: “Temos que as duas maiores de afrontas à Constituição foram cometidas em atos em São Paulo. Primeiro quando ele disse que não vai aceitar as eleições do ano que vem se ela não for como ele quer”.

O Jornal da Globo, então, exibiu um vídeo de discurso em que, claramente, Bolsonaro atacava o ministro Alexandre de Moraes e garantia que não respeitaria as decisões dele. Renata disparou:

“O que não existe, vamos falar claro, é desrespeitar decisões de um ministro do Supremo. O desrespeito é ao Tribunal como um todo. Tribunal que é a instância máxima do Judiciário, um outro poder. Bolsonaro tenta caracterizar como algo pessoal, porque Alexandre de Moraes é relator dos inquéritos da fake news e será o presidente do TSE no ano de eleição. Mas, na verdade, o presidente já mirou outros ministros no passado e vai mirar qualquer um que aparecer no caminho dele”.

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›