Samara Felippo tira o sutiã em foto e manda recado sobre machismo

Samara Felippo
Samara Felippo ainda deixou mensagem para homens tóxicos (Imagem: Reprodução / Instagram)

A fim de promover a peça teatral Mulheres Que Nascem Com os Filhos, de sua autoria, Samara Felippo postou uma foto em que aparece usando apenas uma calcinha e uma jaqueta, sem sutiã. Na publicação, após falar sobre o projeto, a atriz não deixou de dar uma declaração sobre o machismo.

“Esse sorriso é de muita felicidade e biscoitagem pra dizer que em Janeiro de 2022, estaremos de volta ao palco com ‘Mulheres que Nascem com os Filhos’ na cidade que eu nasci e amo, Rio de Janeiro! Ser livre, ser feliz, ser única. O resto fo***”, legendou.

Na sequência, a famosa, que teve que esconder o mamilo na foto com brilhos, disparou: “Infelizmente o machismo e o conservadorismo hipócrita não deixam as mulheres posarem artisticamente ou da forma que quiserem, o bico do seio feminino, assim como nossos corpos são sexualizados, mas enfim… eles brilham”.

Por fim, Samara Felippo deixou um recado: “Machos tóxicos seus comentários são ignorados, reflitam ao invés de continuar repetindo esse padrão abusivo e machista tosco nos comentários”.

Nos comentários, os seguidores reagiram. “Vendo uma foto tão linda dessas é triste saber que mamilos são polêmica”, disse uma fã. “Uma deusa“, elogiou outra. “Isso aí, musa! Está linda demais”, afirmou mais uma.

Nesta semana, a atriz também chamou atenção nos Stories ao fazer um desabafo sobre pressão estética. Depois de pintar o cabelo, antes grisalho, para o longa Fazendo Meu Filme, a famosa falou sobre o crescimento dos fios: “Eu vou confessar a vocês que com todo empoderamento e com todo discurso, mesmo depois de ter visto meu cabelo todo branco, ainda é muito difícil enxergar ele grisalho”.

“É uma pressão muito grande em cima da mulher, de seu envelhecimento. É uma fase muito difícil em meio à pandemia, fiquei em casa, e agora voltando a convívio, depois de ter tacado o f*da-se”, continuou.

“Meu discurso aqui é sobre liberdade de escolha, de ser o que a gente quiser… Porque tá mais velha, porque não tem mais idade. Não tem pressão pra vocês assumirem seus cabelos brancos. Assumam se quiserem, pintem se quiserem”, explicou.

MAIS LIDAS

Carol Bittencourt
Caroline Bittencourt é jornalista, pós-graduada em Comunicação e Design Digital. Atua como redatora e produtora de conteúdo para redes sociais.
Veja mais ›