Sem bebida, participantes de A Fazenda 2021 pensam em fazer drink com álcool em gel

Gui Araújo não aguenta mais as festas de A Fazenda 2021 (Imagem: Reprodução / Record)

Os participantes de A Fazenda 2021 não estão mais aguentando a falta de bebida nas festas do confinamento e estão quase apelando para criar as próprias formas de entretenimento.

Saiba tudo sobre A Fazenda 2021 na cobertura do RD1

Prova disso é que nesta semana, Gui Araújo conversou com Rico Melquiades e cogitou a possibilidade de fazer um “drink de álcool em gel” para compensar a falta de bebida alcoólica.

Enquanto Lary Bottino dançava na pista de dança, ela disse que não pretendia deixar a festa naquele momento: “Não vou embora, não!”. Rico a aconselhou a curtir enquanto podia.

“Oxi, já, já eles falam: ‘vão pra sede imediatamente'”, revelou. Foi aí que Gui Araújo fez o pedido do drink batizado: “Põe álcool em gel aqui!”. “Topa? eu tomo”, gritou Rico Melquiades.

“Opa se eu topo”, assegurou o digital influencer, que também ofereceu a Lary e Marina: “Vamos tomar álcool em gel?”. Mas Bottino não gostou da ideia e reagiu: “Eca”.

Dias antes, eles já estavam prevendo que a festa seria dessa forma. As críticas partiram de Gui Araujo, Rico Melquiades e Dayane Mello.

Tudo começou quando Rico falou: “Quem fica mais doida é a Day na festa”. Mas Gui rebateu: “Ninguém fica mais agora”. E Day comentou: “Não mais, amor. Vou zelar pela minha vida”.

“Não mesmo, amiga”, retrucou Rico. E Dayane completou alfinetando a falta de bebidas: “Amor, não tem mais álcool, fude*”. “Eu nunca fiquei loucão, loucão, loucão aqui dentro”, disse Rico.

“Se for assim daqui pra frente, vai ser bem chato, na moral”, apontou Gui Araujo. “Vai ser horríveis as festas se for assim”, concordou Rico. E Gui completou dizendo:

“Vai ser bem chato. Não que eu seja a pessoa que mais ama álcool ou ficar doidão, mas não vai fazer sentido. Ninguém vai se animar”.

“Eles investem tanto numa produção pra faltar”, lamentou o fazendeiro. O principal motivo das críticas foi a festa da semana passada, quando a Record reduziu drasticamente a quantidade de bebidas alcoólicas.

Uma semana antes, houve o escândalo de suspeita de assédio por parte de Nego do Borel. Poucos minutos depois do início do evento, os drinks já estavam no fim.

Os primeiros a notar a mudança foram Bil e Gui Araújo. “Deve ter repercutido tanto”, avaliou o ex-BBB. O ex-MTV concordou com o aliado.

“Esqueceram o que aconteceu aqui, os participantes, e ficou só nesse bagulho [o caso Borel]. Deve ter tido o maior problema”, emendou.

A escassez de bebida foi sentida, inclusive, por Lary Bottino – que entrou no jogo no meio da festa. A substituta de Fernanda Medrado chegou pedindo as bebidas, mas foi logo alertada pelos peões sobre a escassez da noite.

Borel foi expulso após as acusações de estupro de vulnerável contra Dayane Mello na última festa. Na web, diversos internautas pediram a saída do artista do programa depois da noite de bebedeira.

Mesmo com a comoção e também da ida da polícia até a sede onde a atração é gravada, o cantor só deixou a competição depois que os patrocinadores do programa mostraram insatisfação com o caso.

MAIS LIDAS

Lucas Medeiros
Lucas Medeiros é formado em Comunicação Social e escreve sobre o dia a dia da TV.
Veja mais ›