Série sobre goleiro Bruno promete chocar em cena com Rottweilers

Bruno
Série sobre goleiro Bruno será inspirada em livro (Imagem: Divulgação)

A série sobre o assassinato de Eliza Samúdio, crime cometido pelo goleiro Bruno, promete chocar os espectadores. Segundo a coluna de Leo Dias, do UOL, a cena que irá abrir a produção será o corpo da vítima sendo devorado por Rottweilers.

Amora Mautner, diretora da série, busca nas cenas impactantes uma forma de mostrar que a ideia da série não é idolatrar Bruno.

Pelo contrário, a ideia da trama é justamente destacar a barbaridade e crueldade do crime cometido pelo jogador.

A obra é inspirada no livro Indefensável – O Goleiro Bruno e a História da Morte de Eliza Samúdio, que foi escrito por Leslie Barreira Leitão, Paula Sarapu e Paulo Carvalho.

De acordo com a publicação, a ideia da Globo é colocar Vanessa Giácomo no papel de Eliza. Inclusive, foi da atriz a ideia de fazer uma série sobre o crime que chocou o Brasil.

Vale lembrar que recentemente Bruno foi contratado pelo Fluminense de Feira de Santana, porém, após o comentário da jornalista Jéssica Senra, que criticou a atitude do time em fechar contrato com um feminicida e colocá-lo na posição de ídolo, o clube voltou atrás e suspendeu a negociação com o goleiro.

Comentário de apresentadora da Globo faz time tomar decisão sobre goleiro Bruno

O comentário de Jéssica Senra, em telejornal de afiliada da Globo na Bahia, sobre o goleiro Bruno repercutiu e muito nas redes sociais. Prova disto é que o time Fluminense de Feira tomou uma decisão sobre o ex-jogador.

De acordo com o jornal Correio, o clube fez coletiva nesta terça-feira (7) e anunciou que não vai mais contratar o goleiro, que cumpre pena em regime semiaberto por causa do assassinato e ocultação de cadáver da modelo Eliza Samúdio, em 2010.

O presidente do time Ewerton Carneiro, o Pastor Tom, falou sobre o assunto e afirmou que a decisão aconteceu após a repercussão da reportagem da TV Bahia. “A gente viu pessoas entrando na rede social, uns favoráveis, outros contra, inclusive falei ontem com Bruno, conversei com ele. E eu ouvi ontem também a imprensa de Feira, as pessoas nas ruas, procurei me basear também juridicamente do que poderia trazer negativamente ou positivamente para o Fluminense”, comentou ele na coletiva.

“No dia de hoje, depois da matéria que foi rodada ontem, repercutiu muito, muito, muito, muito, muito na Bahia, qual é a nossa conclusão quanto a Bruno? Nossa conclusão é que eu entendo que estamos em uma administração nova e não queremos polemizar. Muito pelo contrário. Nós queremos resgatar aquelas pessoas que iam para o estádio para que voltem ao estádio. Essa é a nossa preocupação, de trazer os torcedores de volta para o clube“, justificou o pastor Tom.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.