Simone revela grande perrengue e confessa que já foi presa por engano nos EUA

Simone
Simone contou momento tenso que viveu nos Estados Unidos (Imagem: Reprodução / Instagram)

No seu canal do YouTube, Simone resgatou uma história tensa que viveu na sua adolescência, durante sua primeira ida aos Estados Unidos. Segundo a cantora, ela foi presa assim que chegou ao país. Na ocasião, a artista tinha ido fazer shows com Frank Aguiar, para quem ela e Simaria trabalhavam como backing vocal.

“Acho que fui presa com 15 ou 16 anos. Frank Aguiar vai fazer show nos Estados Unidos, toda a documentação perfeita. Chegando lá, na hora da entrevista com a Polícia Federal, me levaram para uma salinha. Achava que era para ver alguma coisa”, iniciou a coleguinha, que logo relatou o momento tenso:

“Quando penso que não, vêm uns policiais e colocam um cinto de couro com uma corrente e algema. Eu começo a chorar. Imagina, nova, minha primeira vez no país. Para eles, meu passaporte era roubado. Para acabar de lascar, uma algemazinha no meu pé, e eu chorando”.

“Me levaram para um lugar cheio de muçulmanos. E a pressão psicológica que eles faziam? ‘Pode contar para a gente que seu passaporte foi roubado. Se você contar a verdade, a gente vai deixar você pelo menos ligar para a sua mãe. Senão, você vai ficar presa aqui e não vai ver mais seus pais’“, recordou Simone.

Até aquelas fotos eu cheguei a fazer. Como minha palavra ia valer? Eles tinham que investigar. Cinco horas depois, vem aquele povo e diz ‘Desculpa, senhora. Pode conhecer nosso país. Foi engano'”, completou.

Na sequência, a famosa pontuou: “Na época, se eu tivesse processado aquele povo, teria ganhado um bom dinheiro. Também não sei se cabia um processo. Nem procurei saber porque era muito novinha na época”, começou ela… a sensação de prisão quando você não deve nada é a pior coisa do mundo. Não queiram saber. Deus me livre”.

Nos comentários, os seguidores reagiram. “Nossa Simone… que situação… fiquei imaginando você adolescente passando por isso”, disse uma fã.

Só de pensar em uma pessoa sendo presa inocentemente dá arrepios, trazendo a história da Simone para a vida real, imagine o quanto tem de pessoas inocentes que passam ou já passaram por esta ou outras situações parecidas como essa”, escreveu outra.

Veja:

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

MAIS LIDAS

Carol Bittencourt
Caroline Bittencourt é jornalista, pós-graduada em Comunicação e Design Digital. Atua como redatora e produtora de conteúdo para redes sociais.
Veja mais ›