Estilista celebra ousadia de Paulo Gustavo em capa icônica de revista pró-LGBT em 1999

Paulo Gustavo
Paulo Gustavo teve uma ação militante “louvada” por um estilista que trabalhou com ele (Imagem: Divulgação / Globo)

Paulo Gustavo infelizmente faleceu na noite de terça-feira (4), depois da luta persistente contra a Covid-19, aos 42 anos de idade, deixando o marido Thales Bretas e os dois filhos, Gael e Romeu. O estilista Rogério Espírito Santo trouxe um registro raro, que mostra que o saudoso ator já militava pela causa há décadas.

No Facebook, o artista lembrou a capa protagonizada por Paulo e Fabio, seu namorado na ocasião, na 44ª edição da revista Sui Generis, que apoiava a causa LGBT (antes chamada GLS):

Quando eu estava na missão de encontrar alguém pra fazer essa capa da Sui Generis, conheci o Paulo Gustavo. Eu digo uma missão por que foi dificílimo achar alguém que topasse e peitasse dar um beijo na boca, real e verdadeiro na capa de uma revista gay em 1999”.

Aquele exemplar celebrava o Dia dos Namorados, comemorado anualmente nos dias 12 de junho, e marcou um gesto bem inovador para uma época tão conservadora há 21 anos:

Ele não só topou, como levou o Fabio, namorado dele na época e deram esse beijo quente e destemido, que foi um dos trabalhos mais marcantes de toda minha história, até hoje. A capa foi censurada, teve que ir pras bancas dentro de um saco preto pra não chocar a sociedade”.

Apesar de tudo, Rogério contou que justamente essa censura causou indignação nos jornais brasileiros e tornou essa capa icônica: “E no dia seguinte ao lançamento quase todos os jornais do Brasil, indignados com a censura, reproduziram a imagem, o que a tornou icônica além de projetar a revista nacionalmente e amplificar o barulho que a gente queria fazer”.

Por fim, o estilista afirmou que Paulo Gustavo teve uma grande contribuição nacional para que as pessoas pudessem exercer a própria sexualidade sem tabus ou repressões

Talvez essa tenha sido a primeira grande colaboração do Paulo Gustavo para a comunidade LGBTQ+, antes mesmo de ser o grande influenciador que se tornou alguns anos depois. Descanse em paz, Paulo Gustavo. Você é gigante e vai continuar vivo na memória desse país. Todo meu respeito e admiração por você, e até qualquer dia”.

Confira:

Paulo Gustavo
Paulo Gustavo estrelou a capa da Sui Generis em 1999 (Imagem: Reprodução / Facebook)
Paulo Gustavo
Paulo Gustavo estrelou a capa da Sui Generis em 1999 (Imagem: Reprodução / Facebook)
Paulo Gustavo
Paulo Gustavo estrelou a capa da Sui Generis em 1999 (Imagem: Reprodução / Facebook)

Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›