Sula Miranda falou sobre relação com alguém do mesmo sexo (Imagem: Divulgação)

Sula Miranda foi a convidada do quadro “Caixa Surpresa”, do “Melhor da Tarde”, desta quinta-feira (2), e logo quando entrou no palco, conversando com Catia Fonseca, não deixou pedra sobre pedra.

No vespertino, Sula disse que as pessoas não gostam de ouvir a sua sinceridade. “As pessoas é que não gostam. Não querem ouvir o que a gente acha de verdade”, disparou a cantora.

No “Ping Pong”, entre escolher uma coisa ou outra, Miranda revelou que prefere ser cantora à decoradora e preferiu empatar entre gospel e sertanejo.

Eu trabalho com as oportunidades”, falou ela, ao afirmar que pode estar na época de cantar gospel e se surgir uma oportunidade de cantar sertanejo no dia seguinte, estará lá: “Rock eu não dou conta”.

Sula se mostrou orgulhosa “de ser uma pessoal extremamente disciplinada e de não desistir”, mas polemizou quando Catia questionou sobre a relação com alguém do mesmo sexo. “Tá amarrado em nome de Jesus”, disparou a tia de Thammy Miranda.

A irmã de Gretchen ainda comentou sobre a participação no reality da família, “Os Gretchens”, do Multishow, e confirmou um possível desafeto entre ela e a irmã. “Você me pegou de surpresa. Eu não falaria mais sobre esse assunto”, afirmou. “Nós estamos bem. Eu não quero mais falar do assunto, porque alguém vai dar um pitaco errado, eles [a família] interpretam de outra forma: “Ah, você foi na Catia e falou de tal jeito’”, argumentou.

Não é a falta de amor, são personalidade e a maneira de pensar diferente”, garantiu Sula sobre as diferenças com Gretchen.

Sobre os rumores de que estaria na próxima edição de “A Fazenda”, Miranda desmentiu a informação e garantiu que durante a estreia do programa, ela estará em Israel em uma excursão.

A mulherada tem dominado cada vez mais o mundo sertanejo, e quando questionada sobre o “feminejo”, Sula voltou a se explicar sobre as diferenças que ela aponta entre as cantoras e os cantores do gênero.

Se você ouvir as mulheres, elas estão nessa pegada da sofrência. É o momento que elas acham que tem que falar isso. Os homens estão fofos, falando de casamento. Na minha época do sertanejo, eles eram total sofrência”, disse.

Saiba Mais:

Band cancela projeto de reality com crianças

Ministério da Justiça reclassifica “Agora é Domingo”, de Datena

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!