Supla revela como fuma maconha e diz o que faria se fosse presidente do Brasil

Supla
Supla responde perguntas dos fãs (Imagem: Reprodução/ Globo)

Supla surpreendeu ao revelar que continua fumando maconha aos 55 anos de idade, porém, diminuiu muito a frequência nos últimos tempos.

Ele está sempre interagindo com os fãs ao abrir a caixa de perguntas dos Stories do Instagram e, em entrevista ao jornal Extra, falou sobre o assunto.

“No começo da pandemia fiquei cinco meses sem fumar. Agora, só fim de semana. É bom para o cérebro descansar”, explicou.

“Se eu fosse presidente, os impostos que seriam taxados na venda da maconha, eu destinaria à saúde e à educação”, prosseguiu.

Na mesma ocasião, ele brincou com o termo “cringe”, que viralizou nas redes sociais na última semana:

“Eu não sou cringe. Sou king. As novas gerações têm que vir mesmo para chutar a bunda dos velhos como os Sex Pistols fizeram com os Beatles. A minha já foi chutada várias vezes”.

“Levo o mundo digital muito a sério, é business mesmo. Tenho que agradecer ao público mesmo. Mas também me mantenho porque não sei fazer o negócio direito, mas sou de verdade”, completou.

Dias atrás, ele foi surpreendido com uma pergunta no Instagram e reagiu contra declaração machista. Sempre muito sincero, o cantor não deixou barato o questionamento do seguidor.

Após o famoso abrir a caixa de perguntas, um admirador, curioso sobre a vida sexual do músico, quis saber: “Fala, Papito! Conta a maior gostosa que você já com**”.

“A sua irmã! Estou brincando, isso é pergunta que se faça? Você tem que respeitar as minas, mano! Coisa feia ficar falando ‘pegou essa ou aquela.’ Está vendo, pimenta no rabo dos outros não arde, né?”, disparou.

Filho de Marta Suplicy, secretária de relações internacionais da cidade de São Paulo, e Eduado Suplicy, vereador mais votado na mais recente eleição da capital paulista, o famoso já garantiu várias vezes não ter pretensões políticas.

No Twitter, muitos perfis comentaram a resposta do artista. “O Supla fica até mais bonito falando mal do Bolsonaro”, disse um. “Assustada pois nunca tinha visto o Supla falando sério“, falou outra.

“Porque o Supla não pode ser o presidente do Brasil?”, questionou um terceiro.

Em março, para o Conversa com Bial, o artista comentou sobre relacionamento que teve com Bárbara Paz, que embalou a primeira temporada do extinto reality show Casa dos Artistas, do SBT.

“Foi aquela paixão do momento. A gente se ajudou ali dentro. A gente tem muito respeito um pelo outro”, declarou “papito”, como é conhecido nas redes sociais.

Confira:

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›