Susana Vieira relembra única vez que se apaixonou por um ator e conta detalhes

Susana Vieira
Susana Vieira e Rubens de Falco ficaram juntos por um ano (Imagem: Reprodução / Instagram / Arquivo Pessoal)

Susana Vieira nunca fez questão de esconder suas opiniões e amores. Em live recente com a atriz Thais de Campos, a veterana revelou que viveu um grande amor com o galã Rubens de Falco, com quem viveu um par romântico na novela A Sucessora, em 1978.

A atriz contou que chegou a se casar e morar junto com o artista por um ano em Portugal. “Foi a única vez que eu me apaixonei por um ator em cena. A única, em 60 anos de carreira“, disse.

“Eu tinha 36 anos e fazia uma personagem de 18, tímida, que falava baixo e que se apaixonava pelo personagem do Rubens de Falco. Me entreguei tanto para essa novela. Só que eu fiquei com medo do Rubens. Não o conhecia. Ele tinha um jeito muito sério. Não tinha nenhuma intimidade com ele. Então, o casamento da novela casou com a da vida real”, relembrou Vieira.

A global revelou ainda que tinha medo dele na vida real: “Ele era um divo quieto. Me apaixonei e a gente casou. Ficamos um ano morando em Portugal, viajando pela Europa. Mas para você ver como as coisas podem acontecer: eu fiquei tão tímida na novela, tão assustada e tão suscetível ao amor“.

Susana afirmou que os se apaixonaram durante a primeira cena de beijo e que a distância foi o motivo do fim do relacionamento.

Na hora que a gente se beijou pela primeira vez deu um choque, uma coisa que foi mútua. Eu podia ter me apaixonado por ele, e ele não me querer. Como foi natural dos dois, a gente continuou gravando e fizemos uma lua de mel em Portugal. Fomos uma viagem até Turquia, Grécia, Irã, Ilhas Gregas… Depois voltamos para a Portugal, ficamos vivendo 6 meses juntos, depois voltamos para cá e ele voltou para São Paulo. E aí o amor com à distância acabou mesmo“.

Rubens de Falco faleceu em 2008, aos 78 anos, vítima de um ataque cardíaco decorrente de uma embolia. Ele estreou em novelas em 1961, em Maria Antonieta. Seu personagem célebre, no entanto, foi o vilão Leôncio, da novela Escrava Isaura, de 1976.

Confira:

Elson BarbosaElson Barbosa
Jornalista, especialista em Comunicação Organizacional, apaixonado por café, crônicas e um bom papo. Encantado pelo entretenimento e pela possibilidade de contar e conhecer várias histórias ao mesmo tempo.
Veja mais ›