Tamy Contro desabafa sobre ataques durante participação de Projota no BBB 2021

Tamy Contro
Tamy Contro revelou que tem vontade de participar do Big Brother (Imagem: Reprodução / Instagram)

Grande apoiadora do plano de Projota em ir para BBB 2021, Tamy Contro revelou que não estava preparada para o tanto que hate que o esposo e a família iam sofrer. Em conversa com a revista Quem, a influenciadora digital recordou o momento difícil que viveu durante a participação do esposo no reality.

“As ameaças a mim eram irrelevantes perto das que ela teve”, disse a famosa, se referindo aos ataques contra Marieva, filha pequena do casal. “Essas questões com a Marieva me impactaram muito naquele momento. Não sabia o que fazer, fiquei desesperada. O delegado Bruno Lima entrou em contato comigo e disse: ‘as pessoas falam muito na internet e não fazem nada na vida real, porém a gente precisa ter uma precaução'”, contou.

“Fui para a delegacia e dei andamento ao boletim de ocorrência. Não posso dar sorte ao azar. Da parte jurídica, fiz tudo que cabia ser feito. Tenho o WhatsApp do delegado até hoje. Ele disse que qualquer barulho estranho que eu ouvisse na minha casa, é só chamar que ele chega em dez minutos no máximo. Isso me confortou, entendi que a gente está de fato seguro”, completou.

A esposa de Projota, que já revelou interesse em participar do Big Brother, pontuou: “Acredito que os hates são piores para quem está aqui, do que para quem está lá dentro. E só entraria se Marieva fosse pequena, porque não permitiria que ela sofresse por uma escolha minha. E Tiago disse que já sofreu tanto com isso que já está calejado. Sempre foi um sonho viver a experiência do BBB”.

“Nunca teve o que teve este ano em relação a hates, nunca foi tão absurdo. Não sei se foi um caso atípico ou se vai ser sempre assim. Mas entraria para viver o Big Brother na esperança de que não fosse como foi esse último, e sabendo que quem está de fora está segurando as pontas. Eu não estava preparada, não esperava que fosse tanto”, desabafou.

Após tantos momentos difíceis, Tamy Contro revelou o que aprendeu: “A mesma pessoa que te xinga na rede social pede para tirar uma foto com você se te encontra na rua. Isso é muito doido. Na internet, as pessoas se transformam. Aprendi a não me apegar a hates. Antes eu lia todas as mensagens e comentários, mas agora não leio e deixo passar. Quando chega a mim, eu bloqueio. Entendo que a pessoa não soube usar a comunicação comigo, que perdeu a oportunidade. A melhor forma para resolver isso é não dar mais abertura a essas pessoas”.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›