Globo expõe idas de Flordelis e pastor evangélico para casa de swing

Flordelis
Flordelis ao lado da vítima (Imagem: Reprodução)

O caso da deputada Flordelis (PSD) continua ganhando novos desdobramentos. Desta vez, uma reportagem do RJTV 2, da Globo, na noite desta segunda-feira (24), trouxe novas informações sobre tudo que estava por trás da família tradicional e conservadora cristã que a cantora mostrava.

Nela, foi revelada a árvore genealógica da famosa, mostrando que ela chegou a ser sogra do pastor Anderson, a vítima, que se envolveu com a filha da mulher, e também chegou a ser adotado por ela como filho. Anos depois, os dois acabaram se envolvendo e ele tornou-se marido da deputada.

Simone é uma das filhas biológicas da deputada e, além de ter se envolvido com o próprio irmão adotivo antes da mãe, também foi presa por envolvimento no assassinato. Mas engana-se quem pensa que as polêmicas pararam por aí.

A reportagem da Globo apontou também que Flordelis tinha como aliados três filhos biológicos e quatro adotados do início do casamento, todos presos. Esses eram os filhos “preferidos”, que tinham mordomias, como presentes, alimentação diferenciada, cargos políticos e religiosos.

Além disso, foi informado que o crime foi motivado pelo fato da vítima ter se envolvido na movimentação financeira da família, sendo ele o gestor da casa, no controle de todo o dinheiro que entrava e saía, além de comandar a carreira da esposa, tanto política quanto religiosa e artística.

Por fim, foi descoberto, por meio de uma antiga fiel da igreja da deputada, que o casal de pastores frequentava uma casa de swing da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, onde há a prática de troca de casais e orgias de todos os tipos.

A testemunha é uma empresária de 32 anos, que ficou sabendo da informação em 2007, quando levou sua supervisora a um culto do Ministério Flordelis, que era frequentadora assídua do local. “Tinha até um quarto exclusivo lá, que era muito caro”, relatou.

Além dela, o pastor Anderson, a filha Simone e o seu marido também estavam sempre marcando presença no local, onde a parlamentar vivia “extremamente bêbada”. Entre os relatos, ela detalhou que Flordelis, Anderson, Simone e André foram flagrados saindo do mesmo quarto, de toalha branca, e logo a informação se espalhou pela comunidade.

Quando se pronunciou sobre o assunto, em uma publicação do jornal Extra, Flordelis disparou: “E se fosse verdade? Infelizmente não é verdade. Poxa… Está aí um negócio que eu e o meu marido não fizemos. Meu marido era meu, a mulher era dele. Mas não fizemos não”.

Por fim, deu um aviso à tal fiel que a dedurou, dizendo que iria atrás dela: “Aliás, eu não, a Justiça. Tudo que se fala tem que provar”.

Confira um trecho do depoimento da fiel a seguir:

Flordelis
Depoimento da fiel da igreja de Flordelis (Imagem: Reprodução / Jornal Extra)
CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.