Thelma Assis opina sobre o BBB 2022, cita ataques racistas e detona governo

Thelma Assis
Campeã do BBB 20, Thelma fala sobre atual edição e ataques racistas na web (Imagem: Reprodução / Instagram)

Dois anos após se tornar a grande campeã do BBB 2020, Thelma Assis continua bastante presente na mídia e nas redes sociais. A médica também segue como contratada na Globo e esteve curtindo o Carnaval do Rio de Janeiro e São Paulo no último fim de semana.

publicidade

Em entrevista exclusiva para o RD1, ela abriu o jogo sobre a atual edição do reality show. “Eu estou ‘alt’ dessa edição do BBB, porque a gente pegou esse momento pré-Carnaval e flexibilização da pandemia, que a gente está podendo sair porque se vacinou e eu acabei não acompanhando essa edição, não estou comentando nada nas redes sociais”, afirmou.

Thelma Assis declarou que não tem lugar de fala sobre essa temporada do programa, mas ressaltou que teve uma favorita. “Eu tinha pessoas lá dentro com as quais eu me identificava, a Lina era uma delas. É uma pessoa que eu tive a oportunidade de conhecer pessoalmente antes do BBB”, contou.

publicidade

Veja Também

Logo depois, a famosa respondeu a respeito dos ataques racistas que continuam acontecendo dentro e fora do Big Brother Brasil. Vários participantes dessa edição foram vítimas de ataques nas redes sociais, assim como aconteceu em outras ocasiões.

Thelma Assis desabafa sobre ataques racistas e detona o governo Bolsonaro

“Eu penso que o Brasil infelizmente é um país extremamente racista, que as pessoas utilizam a internet para poder achar que é terra de ninguém. Eles exteriorizam esse racismo que existe dentro delas, mas esse racismo não é só com participantes do BBB”, pontuou a médica.

Logo depois, ela ressaltou outros pontos desses ataques na web. “Se você pegar influenciadores pretos, se você pegar atrizes, cantoras maravilhosas pretas, você vai ver que o número de seguidores e engajamento em comparação com as pessoas com o mesmo potencial artístico vai ser menor”, continuou.

“Isso porque as pessoas não normalizaram nos ter como padrões de beleza, as pessoas não normalizaram nos enxergar em todos os espaços… Mas é um trabalho contínuo que a gente tem feito todos os dias. Quando eu levanto da cama eu estou fazendo isso”, garantiu.

publicidade

A ex-BBB ressaltou: Eu sou uma pessoa que bato muito nessa tecla, de que a gente pode e deve ser quem a gente quiser. Eu sou médica, graças a Deus, mas eu também sou passista, musa da São Clemente, eu também desfilei na comissão de frente da escola que eu amo, eu estou como comunicadora médica no Bem Estar e é isso. A sociedade tem que aprender que a gente não vai mais se enquadras nas caixinhas que nos foram impostas todos esses anos”.

A artista, então, aproveitou para falar sobre o momento político. “Independente de ser ano de eleição ou não, eu acho que, quando você tem um presidente que legitima todos esses preconceitos, as pessoas se sentem mais empoderadas para poder exteriorizar todos esses preconceitos. Mas isso acontece sempre, é um trabalho contínuo que a sociedade realmente tem que se questionar”, afirmou.

Após desfilar no Rio de Janeiro e em São Paulo, Thelma comemora momento no Carnaval

A médica contou que se sentiu maravilhosa em estar vivendo essa experiência. “É uma emoção muito grande de estar na São Clemente, homenageando o Paulo Gustavo e uma emoção muito grande de estar na minha escola há mais de quinze anos, a Mocidade Alegre, representando Clementina de Jesus, que tem grande representatividade na música e como mulher preta”, declarou Thelma Assis.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Sobre ainda estar bastante presente na televisão e internet, a médica disse que adora todo esse sucesso:

“Para mim é muito gostoso, porque se você for pensar que há dois anos eu continuo fazendo o meu, na maior humildade e com os pés no chão. Mas eu costumo dizer que sou uma esponja, se você me der uma oportunidade eu vou aceitar, mas eu sou muito focada e determinada, modéstia parte, então se você me der uma missão eu vou executar da melhor forma possível. Eu vou estudar, vou atrás de fazer o meu melhor. Tenho feito isso há dois anos e o resultado tem sido positivo. Vou continuar sendo essa esponjinha, recebendo tudo o que tem de oportunidade e executando”.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
publicidade
Henrique CarlosHenrique Carlos
Apaixonado por televisão e cinema, desde 2009 trabalha com internet. Já passou por grandes veículos de comunicação e teve experiência no rádio. Atualmente estuda para continuar crescendo na área e pode ser acompanhado através do perfil @henriquethe2 no Twitter.