Thiago Gagliasso e filho de Bolsonaro detonam Jean Wyllys por polemizar derrota da Seleção

Thiago Gagliasso
Thiago Gagliasso e Eduardo Bolsonaro detonaram Jean Wyllys (Imagem: Reprodução – Instagram – Câmara dos Deputados/ Montagem – RD1)

Jean Wyllys polemizou na noite do último sábado (10) após a derrota da Seleção Brasileira contra a Argentina na final da Copa América. O ex-BBB comemorou a situação e acabou sendo alvo de muitos internautas, como de Thiago Gagliasso e do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

“Ainda bem que 2022 faltam poucos meses! Bora espancar a URNA? Posso contar com vocês?”, questionou o irmão de Bruno Gagliasso, em resposta à mensagem do ex-deputado federal.

No Twitter, Jean polemizou ao escrever: “Entendo nada de futebol. Mas estava torcendo para a derrota da Seleção Brasileira. Neste momento, essa derrota significa menos poder ao fascismo. Aqui os argentinos fazem festa. E eu os aplaudo. Um novo Brasil nascerá após a derrota dos fascistas, e só então torceremos por ela”.

Nos comentários, o ex-BBB ainda ressaltou: “Simples: a Copa América era uma tragédia anunciada em termos sanitários. Apenas o governo fascista do Brasil aceitou sedia-la, mesmo com a pandemia fora de controle. A vitória da seleção brasileira daria força a esse escroque e sua necropolitica e corrupção. Entendeu?”.

Além de Thiago Gagliasso, o filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) também criticou Jean Wyllys na mesma rede social.

“Poucas vezes se viu tanta boçalidade num só ser… Só um doente mental torce a favor ou contra a seleção conforme a posição política de um Presidente da República”, comentou o deputado federal.

Eduardo Bolsonaro completou: “Mas esperar o que de quem traiu seus eleitores e saiu do país incomodadinho com a eleição de um Presidente honesto?”. O político fez referência ao fato de Jean ter deixado o país após sofrer ameaças de morte.

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›