Tiago Leifert lembra início da carreira e migração ao entretenimento

Tiago Leifert
O apresentador Tiago Leifert analisou a carreira desde o início no esporte até a transferência ao entretenimento (Imagem: Reprodução / Globo)

Tiago Leifert relembrou o começo de sua carreira, em entrevista ao Gshow, quando trabalhou como repórter do Desafio do Galo, no qual cobria torneios de futebol no interior paulista.

“Foi assistindo à Copa de 94, aos 14 anos, que decidi que queria trabalhar com esporte na televisão. Nunca quis jornal, rádio ou revista. Sempre tive vontade de trabalhar na televisão”, revelou o apresentador.

O seu diferencial como jornalista sempre foi o jeito bem humorado e muito espontâneo. No entanto, mesmo com o tamanho sucesso no esporte ele apostou alto e migrou para o entretenimento, uma área considerada muito mais concorrida. “Nunca tive medo de nada na minha carreira”, garantiu o famoso.

Na sua estreia, o apresentador revelou ter sentido a diferença e percebeu que estava diante de um novo mundo. “No esporte, eu entrava no ar após o fim da ação. O jogo já tinha acabado, meu trabalho era escrever e editar. A novidade do The Voice era estar no meio da ação e ser uma engrenagem que fazia parte da história”, falou Leifert.

“O que me ajudou foi exatamente ter o treinamento de repórter: saber quando falar e o que perguntar, e também ter cabeça de editor ao saber quando cortar ou esticar uma ação no palco”, comentou o artista.

Outro grande desafio vencido por ele foi o Big Brother Brasil. Tiago Leifert pegou um programa conhecido em todo o país e que tinha uma forte marca do Pedro Bial. “Quando me dão a missão, viro um obcecado: estudo, leio, penso. Sempre tratei cada programa como se fosse o primeiro e o último”, afirmou o global, mostrando assim a sua força de vontade.