Vera Fischer desabafa sobre passagem de Regina Duarte na Cultura

Vera Fischer
Vera Fischer criticou a passagem de Regina Duarte na Secretaria de Cultura (Imagem: Reprodução – Globo – CNN Brasil / Montagem – RD1)

Vera Fischer opinou sobre a passagem relâmpago de Regina Duarte na Secretaria de Cultura do Governo Bolsonaro. Em entrevista recente ao jornal Extra, a veterana analisou o cargo da colega de profissão.

“Todo mundo fala: ‘Ela enlouqueceu’. Eu não acho. Acho que é falta de caráter. Até o Daniel Filho falou que ela está apaixonada pelo Bolsonaro. Pode ser. Agora, outra hipótese é que ela é tão sem caráter e irresponsável quanto ele (Bolsonaro). Isso é ignorância”, disparou a veterana.

Cinéfila, Vera Fischer tem feito sucesso durante a quarentena ao indicar filmes aos seus seguidores nas redes sociais. Com uma coleção de grandes obras da sétima arte, a atriz revelou como surgiu a ideia.

“Entrei no Instagram há uns quatro anos e, por lá, vi quantos fã-clubes eu tinha. E com pessoas muito jovens, de 17 anos. Havia perdido a noção de quantas pessoas gostam de mim pelo mundo, e isso é fantástico. Esse amor tem que ser alimentado. Então, decidi fazer isso com o que mais amo: filmes, arte e séries”, contou ela.

A artista, entretanto, garantiu que sua página também está aberta a outros conteúdos. “Volta e meia, falo de coisas que acontecem no mundo, é claro, ou uma noite em que saí com amigos, shows e espetáculos teatrais aos quais assisti. Tem os TBTs todos também. Acho que tenho histórias para contar pelo resto da vida”, brincou.

A famosa vê nas produções que recomenda um momento para relaxar em meio ao momento obscuro que temos enfrentado. “Tenho que ficar duas horas vendo uma coisa completamente boa para aliviar. Teve um fim de semana em que fiz uma maratona Irmãos Marx para gargalhar. Porque, com esse surrealismo que está rolando no Brasil, não tem humor. Não tem genialidade. Consigo me divertir dessa forma. Senão, fico botando no meu Instagram só aqueles bonequinhos chorando”, analisou.

Sobre a rotina na quarentena, a ex-global assegurou que tem sido muito movimentada. “Toda hora tenho alguma coisa para fazer. Tenho um apartamento de dois andares e eu que estou fazendo a faxina. Meu filho e minha nora moram comigo, e a gente se divide. Não tenho nem tempo de fazer ginástica”, detalhou.

Aos 68 anos, Vera Fischer assegurou que tem sido receptiva à velhice. “Outra coisa maravilhosa é que estão crescendo meus cabelos brancos. Estou deixando para ver o que as pessoas vão achar. Já estão aparecendo nas fotos e vão aparecer cada vez mais.”

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

ALERTAS GRATUITOS