Vereador acusa Antonia Fontenelle de xenofobia e toma atitude séria oficialmente

Antonia Fontenelle
Antonia Fontenelle foi acusada de xenofobia por famosos, internautas e agora por um vereador, que foi mais além (Imagem: Reprodução / Instagram)

A declaração polêmica de Antonia Fontenelle sobre o DJ Ivis ainda tem rendido assunto, com internautas e famosos acusando a loira de xenofobia. Um vereador de João Pessoa, justamente no estado da Paraíba, endossou essa denúncia coletiva e resolveu tomar uma atitude mais séria.

Tudo começou quando a atriz disparou a seguinte fala sobre o caso da agressão à Pamella Holanda: “Esses paraíbas fazem um pouquinho de sucesso e acham que pode tudo. Amanhã vou contactar as autoridades do Ceará para entender porque esse cretino não foi preso”.

O político Marcílio Pedro Siqueira Ferreira — também conhecido como Marcílio do HBE — enviou um requerimento à Câmara Municipal de João Pessoa, solicitando o Título de ‘Persona Non Grata’ e dando seu voto de repúdio contra Antonia, na seguinte declaração:

A presente propositura tem como filo estabelecer o título de ‘persona non grata’ à influenciadora digital Antônia Fontenelle, por ter proferido ataques xenofóbicos à Paraíba e aos paraibanos. Em sua conta no Instagram, a influenciadora disse que as atitudes espalhafatosas, violentas são consideradas ‘paraibanas’, um claro gesto de preconceito e xenofobia contra o nosso povo e nossa terra. É por este e outros motivos que solicitamos aos nossos pares a aprovação deste voto de repúdio”.

Juliette Freire foi outra que detonou as declarações da viúva de Marcos Paulo, em seu perfil do Instagram, já que também é paraibana:

Não é força de expressão, é xenofobia. Não existe ‘ser Paraíba’ e ‘fazer paraíbada’. Existe ser paraibano(a), o que sou com muito orgulho. Tire seu preconceito do caminho, que vamos passar com a nossa cultura e não vamos tolerar atitudes machistas e xenofóbicas de lugar algum (…) Se você quer usar algum adjetivo ruim, use agressor, criminoso. Procure qualquer outro”.

Antonia Fontenelle se defendeu da fama de xenofóbica, reafirmando as origens nordestinas e dizendo que a ex-BBB e seus fãs de formam uma máfia digital para persegui-la:

Paraíba é força de expressão, quem faz ‘paraibada’, como por exemplo bater em mulher. Esses machos escrotos que ganham uns trocados e acham que podem tudo. A milícia digital estava procurando uma brechinha para me atacar de alguma forma”.

Confira:

Marcílio do HBE
O vereador Marcílio do HBE fez esse requerimento conta Antonia Fontenelle (Imagem: Reprodução)

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›