Virgínia Fonseca desabafa após repercussão do seu corpo pós-parto

Virgínia Fonseca
Virgínia Fonseca causou ao mostrar a barriga sequinha após o nascimento da filha (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

A influencer Virgínia Fonseca decidiu repostar em suas redes sociais um vídeo em que faz um desabafo. Nas imagens, a esposa de Felipe Araújo pede que outras mães não se espelhem em seu corpo, já que ela passou por um procedimento cirúrgico antes de dar à luz a Maria Alice:

“Eu não quero ninguém, nenhuma mamãe que acabou de ter neném, que já tem meses que teve neném, se comparem com meu corpo. Tem muitas pessoas querendo ver meu corpo, mas eu não quero que sirva de comparação. Porque, gente, eu já fiz lipo lad. Dez dias que eu tinha feito lipo lad, então isso interfere”.

A publicação veio após o desabafo feito pela atriz Sthefany Brito, que fez uma reflexão sobre a opressão que as mulheres sofrem na sociedade por causa de seus corpos e citou o fato de Virginia estar ostentando o corpo sarado na web poucos dias após ter dado à luz.

Primeiramente, a famosa publicou um texto que fala sobre o desserviço prestado pela esposa de Zé Felipe, que naturaliza corpos magros, fazendo com que outras mulheres sintam-se na obrigação de ficarem iguais:

“Meninas e mulheres que estão grávidas, não comparem seus corpos com o da Virginia que o que ela está fazendo é um desserviço para deixar vocês para baixo. Todos sabemos que a mulher pode engordar bastante em uma gravidez e isso é normal. Por favor, não se sintam mal ou se cobrem para terem um corpo assim no pós-parto”.

Virginia fez várias lipos e procedimentos, isso não é a realidade de todas as grávidas desse Brasil. Não compactuem com esse desserviço, aproveitem cada segundo de sua gravidez e respeitem o tempo do corpo de vocês. Falem com seus médicos, não fiquem malucas com tantas cobranças”, completou o post.

Sthefany, posteriormente, expôs sua opinião sobre os fatos. “Concordo com muita coisa escrita nesse texto, mas mesmo não conhecendo a Virginia, eu não acredito que tenha a real noção da dificuldade (e da realidade) de 99% das mulheres num pós-parto”.

E falo por experiência própria. Eu sempre tive certeza que voltaria pro meu peso de antes da gestação rapidinho… ouvi muito que amamentar ‘secava’. E fiquei paranoica quando vi que a (minha) realidade não era essa. E sempre pensava: ’mas fulana emagreceu tão rápido…’. ‘Mas ela tem o mesmo biotipo que o meu e o corpo dela já voltou…’. E ai vem o grande problema. ‘eu devo estar fazendo alguma coisa errada’”, continuou.

Em outro trecho, a irmã de Kayky Brito falou também sobre a toxicidade existente no meio virtual: “O julgamento aqui da internet é gigante (e cruel na maioria das vezes), se ainda está acima do peso… ’nossa mas parece que ainda tá grávida’. Se está muito magra: ‘nossa, vai sumir daqui a pouco’. Cada uma lida com a sua realidade…O orgulho da barriga chapada em tão pouco tempo, é resultado da pressão horrorosa e cruel que nós mulheres carregamos a vida inteira”.

Que tenhamos empatia com nossos corpos tão poderosos e resilientes, e entender que a comparação é perigosa demais já que cada um sabe onde aperta seu calo. Se a Virginia, a filha da vizinha, a fulana e ciclana estão com a barriga chapada no pós-parto, tá tudo bem! Com lipo, sem lipo, tá tudo certo gente!”.

O que nós que não estamos com a barriga chapada temos que entender é que tá tudo bem! É normal! A maioria das mulheres tá passando pela mesma situação que a gente…Essa é a realidade de 99,9%. E vou ser repetitiva. Nosso erro é a comparação! Começa na gestação e pelo visto é eterno. Que cada uma saiba da sua realidade e tenha empatia por ela!”, encerrou.

Guinho Santos
Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.
Veja mais ›