Viúvo desabafa sobre morte de Gilberto Braga e lembra novela favorita do autor

Gilberto Braga
Edgar Moura Brasil falou sobre a morte de Gilberto Braga (Imagem: Reprodução / Globo)

O viúvo de Gilberto Braga, Edgar Moura Brasil, deu entrevista ao Fantástico, da Globo, neste domingo (31), e falou sobre a perda nesta semana. O decorador ainda lembrou qual a novela favorita do novelista.

“Ele ficou deprimido por achar que Dancin’ Days (1978) era um fracasso. Viajamos por um tempo antes de serem entregues os últimos capítulos. Ele achava uma porcaria e não entendia porque as pessoas estavam sempre assistindo nos hotéis. Sempre foi muito crítico. Outro dia, ele falou que a novela preferida foi Celebridade (2003)”, desabafou.

Edgar Moura Brasil, que durante quase 50 anos foi casado com Gilberto Braga, mostrou para a repórter Renata Capucci o lugar onde nasceram as tramas e personagens que entraram para a história da TV.

“Ele passava a noite aqui em claro, acordado. Achava que tinha mais silêncio, mais calma. Começava a trabalhar umas oito horas da noite e ia até as seis da manhã, sete”, contou o viúvo do autor.

Edgar lembrou com saudade das excentricidades do marido: “Às vezes, ele até parava pra jantar. O que era muito doido, jantar à meia-noite, uma hora. Então ele falava um pouco da novela”.

O decorador ainda revelou que tinha um privilégio: “Toda a obra dele eu li antes. Ele acabava de escrever e a primeira coisa que fazia era me mandar o capítulo pra ler”.

A homenagem ao escritor de novelas também contou com entrevistas de Gloria Pires e Fabio Assunção, que foi um dos protagonistas de Celebridade ao lado de Malu Mader, Cláudia Abreu e Marcio Garcia.

“Ele discutia o topless, ele discutia o beijo entre pessoas do mesmo sexo”, disse Fábio, que ainda ressaltou: “Era um requinte o texto do Gilberto para mim em Celebridade. Esses textos que eu falava em Celebridade mostravam um perfil psicológico muito importante, que são as pessoas que acham que são o que não são”.

Glória destacou: “Assuntos importantes para serem discutidos em família, dentro das casas. Acho que ele foi um divisor de águas, ele contribuiu demais pra nossa cultura”.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›