Wanessa Camargo se diz tímida e afirma ter duas personalidades opostas: “Outra pessoa”

Wanessa
Wanessa Camargo afirma não gostar de ser reconhecida fora dos palcos (Imagem: Reprodução / Instagram)

Com mais de 20 anos de carreira, parece improvável que Wanessa Camargo tenha qualquer bloqueio para se exibir em público, porém a cantora admitiu ter certa dificuldade para se expressar publicamente, exceto quando está no palco. Durante participação no programa Sai da Caixa, apresentado por Tiago Abravanel no UOL, a famosa falou sobre o assunto.

Não gosto de chamar atenção. Eu gosto de chamar a atenção e não gosto. Artisticamente sim e na vida não. No palco, quando estou cantando, fazendo aquilo que eu tenho segurança, eu quero atenção. Mas na minha vida eu não gosto“, disse.

Para ela, é diferente ser observada artisticamente e na vida cotidiana. “Me incomoda quando eu chego num lugar e vejo que as pessoas estão falando de mim, isso me deixa retraída. Chamar a atenção me incomoda um pouco“, revelou.

Tanta reclusão não tem, necessariamente, a ver com o fato de ser filha e sobrinha de uma dupla famosa. Segundo a famosa, sua família ainda não era famosa quando começou a sentir os incômodos da socialização.

Talvez por isso Wanessa tenha desenvolvido duas personas. “A que eu conheço, que é mais natural pra mim é tímida, no cantinho dela e não gosta de chamar a atenção” e artista que se transforma durante uma apresentação. “[Sou] outra pessoa no palco, eu sei disso“, concluiu.

No mesmo bate-papo, a estrela relembrou quais eram as suas músicas preferidas para momentos específicos da vida. Para se exercitar, por exemplo, a escolhida foi Stuck On Repeat: “Minha mesma. Eu amo a minha música para malhar“.

Já para a hora H, elegeu as canções de Camille, conhecida cantora francesa. “É muito sexy“, defendeu. Questionada sobre a trilha selecionada para fazer o número 2, no banheiro, ela refletiu: “Nunca pensei em uma música para esse momento“. Mas acabou elegendo Mineirinho, de Alexandre Pires, já que a letra brinca com o “sai da minha aba“.

Para ela, envolvida com música a vida inteira, não existem canções que não possam ser ouvidas no fone de ouvido. Inclusive, afirmou gostar de ligar o fone bem alto, especialmente se for para apreciar a voz de Bilie Eilish. “Fico ouvindo no fone o detalhe do arranjo“.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›