Will Smith leva estatueta, faz discurso emocionado e se desculpa por tapa em Chris Rock

Will Smith
Will Smith faz discurso emocionado e se desculpa por tapa (Imagem: Reprodução / Globoplay)

Will Smith causou muita repercussão após ter dado um tapa em Chris Rock no Oscar 2022. Ao receber o prêmio de Melhor Ator, o famoso pediu desculpas à Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. Em seu discurso, ele afirmou que agiu por impulso para defender sua mulher, Jada Pinkett Smith.

publicidade

“Quero pedir desculpas para a Academia e para todos os meus companheiros. Esse é um momento lindo e sobre mandar luz para todas as pessoas. A arte imita a vida, e eu pareço o pai maluco, como diziam sobre Richard Williams. Mas o amor me força a fazer coisas loucas”, ressaltou Smith.

Ele fez referência ao personagem real que ele interpreta em King Richard: Criando Campeãs, cinebiografia sobre o pai das tenistas Venus e Serena Williams. “Richard era um defensor da família. Nesse momento da minha vida, eu estou sobrecarregado pelo que Deus está exigindo que eu seja e faça nesse mundo”, disse.

publicidade

Veja Também

“Sei que em nossa profissão temos que ser capazes de aceitar abuso, ouvir loucuras, ouvir pessoas nos desrespeitando, sorrir e fingir que está tudo bem. Então Denzel Washinton me disse, e eu adorei ouvir isso: que ‘nos meus melhores momentos, preciso ter cuidado, pois é aí que o diabo vem'”, comentou ele.

Momentos antes, Will Smith causou uma cena no Oscar 2022 que deixou o público de queixo caído. Ele subiu ao palco para dar um tapa no comediante Chris Rock, que apresentava parte da cerimônia.

O tapa, apesar de parecer cenográfico, não estava no roteiro da premiação. O famoso ainda exclamou palavrões, algo terminantemente proibido em eventos ao vivo na TV americana.

A polêmica no Oscar 2022

Tudo aconteceu depois de uma piada de Chris Rock sobre a sua mulher, Jada Pinkett Smith, em tratamento contra uma doença autoimune chamada alopecia, que gera calvície.

publicidade

No palco, Chris Rock comparou Jada à personagem G.I. Jane, interpretada pela atriz Demi Moree no filme Até o Limite da Honra (1997). No longa, a personagem tem o cabelo raspado porque faz parte da Marinha.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“Deixe o nome da minha mulher fora da p**** da sua boca”, gritou o ator, após dar o tapa na cara de Chris Rock e voltar para a plateia. Jada e Denzel Washington conversaram com Smith e o acalmaram.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
publicidade
Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email luizfabio@rd1.com.br