William Bonner surpreende e desmente Bolsonaro no Jornal Nacional

William Bonner
William Bonner voltou a ironizar Bolsonaro e ainda corrigiu fala do presidente. (Imagem: Reprodução – Globo/ Montagem – RD1)

A Globo continua firme no seu posicionamento de criticar as atitudes do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que vão contra as recomendações de especialistas e da OMS (Organização Mundial da Saúde). Nesta quinta-feira (11), William Bonner mostrou mais uma vez isso no Jornal Nacional.

O apresentador desmentiu uma informação equivocada do chefe do Executivo sobre o lockdown. Em videoconferência, o presidente voltou a se posicionar contra o isolamento rígido e criticou o governador Ibaneis Rocha, do Distrito Federal.

Bolsonaro afirmou que o governador havia decretado “estado de sítio”, ação permitida apenas ao presidente e com o apoio do Congresso.

“O presidente chamou de estado de sítio o toque de recolher, o que não é verdade”, declarou William Bonner, no telejornal.

O âncora seguiu: “Na verdade, em casos de emergência de saúde pública, a Lei 13.979 concede às três esferas de governo o direito de adotar medidas restritivas, como isolamento, quarentena, restrição a locomoções, entre muitas outras”.

“É nessa lei que o governador Ibaneis Rocha e todos os demais governadores tem se baseado para decretar, por exemplo, o toque de recolher. E não o estado de sítio, como informou, erroneamente, o presidente da República”, completou Bonner.

Em videoconferência com microempresários, o presidente disse: “Até quando nós vamos resistir a isso aí? Aqui no DF, toma-se medida por decreto de estado de sítio. Só eu poderia tomar uma medida dessa e assim mesmo, ouvindo o Congresso Nacional. Na verdade, uma medida extrema dessa só o Presidente da República e o Congresso Nacional podem tomar…”.

Nesta semana, Bonner quebrou o protocolo da Globo ao mostrar um tom irônico ao noticiar um pedido de ajuda do governo de Jair Bolsonaro à China.

O momento aconteceu antes da exibição de uma reportagem sobre a carta enviada pelo Governo Federal ao embaixador do país asiático no Brasil. Nela, o Ministério da Saúde solicita a compra de 30 milhões de doses da vacina BBIBP-CorV.

Antes da matéria, William Bonner disse que o Brasil precisa de vacina: “E está pedindo. Está pedindo para quem? Para a China!”.

Fábio AlmeidaFábio Almeida
Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com
Veja mais ›