Xuxa derrota PM na Justiça em processo por calúnia e difamação

Xuxa
Xuxa derrotou policial militar na Justiça em processo por calúnia e difamação (Imagem: Reprodução/ Instagram)

A Justiça de São Paulo bateu o martelo e deu vitória a Xuxa Meneghel em processo por calúnia e difamação contra Guilherme Solano, o capitão da Polícia Militar de São Paulo. O homem sofreu a ação da loira após ter feito publicações criticando o livro infantil dela, Maya: Bebê Arco-íris.

Nas postagens, o policial fez referências ao filme Amor, Estranho Amor e declarou que a artista não tem autoridade para falar sobre educação infantil. Na obra, a apresentadora conta a história de uma família formada por duas mulheres e a filha.

Em processo, Xuxa pediu inicialmente uma indenização de R$ 150 mil, mas o tribunal reduziu para R$ 10 mil, segundo informações do UOL.

Na sentença, o juiz cita a Constituição ao argumentar que o cidadão não pode confundir a liberdade de expressão com um aval para ofensas: “O direito à crítica não é ilimitado e não pode ser entendido como uma autorização para ofender direitos da personalidade”.

Guilherme Solano, então, decidiu recorrer da decisão, mas o tribunal votou a favor de Xuxa Meneghel. À publicação, o policial afirmou que foi um posicionamento pessoal, não relacionado à Polícia Militar.

“Foi um questionamento diante de tantas posturas que, ao meu ver, estão em desacordo de quem quer pregar valores e educação infantil. Por esse motivo, me manifestei, assim como centenas de outras pessoas”, declarou ele.

Recentemente, a apresentadora também venceu José Luiz Datena, em ação que foi aberta em 2017. O apresentador da Band terá que pagar R$ 50 mil à apresentadora após chamá-la de “garota de programa” e “imbecil”.

Os comentários do jornalista foram feitos depois que ela fez críticas a Joel Datena, filho do famoso. Na época, ele comandava o Brasil Urgente, da Band. Durante uma reportagem sobre uma criança de 10 anos que havia dirigido o carro da mãe, ele disse que, se fosse o seu filho, o puniria fisicamente.

Xuxa, então, usou as suas redes sociais para mostrar a sua indignação com o comentário e criticou o apresentador: “Como uma pessoa que deveria passar informação é tão desinformada? Uma criança não deve ser corrigida com porrada, é fato, é lei”.

Datena tomou as dores de Joel e gravou o vídeo com as ofensas à apresentadora: “Olha, pra dizer a verdade, uma das poucas vezes em que eu quis dar umas palmadas no meu filho Joel (e foram bem poucas), é quando ele assistia aquela garota de programa, infantil, que cresceu e continua infantil. E, além disso, imbecil”.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›