Xuxa já perdeu mais de 40% do público desde que estreou na Record

Xuxa
Em pior momento na Record, Xuxa Meneghel sofre com desgastes de programas e tem destino incerto (Imagem: Divulgação / Record)

Há quase 5 anos na Record, três deles à frente de talent shows, Xuxa Meneghel não perdeu apenas a liberdade artística e o prestígio na programação da emissora, mas também acabou sendo abandonada por boa parte do público que a acompanhava desde a estreia do programa que levava o seu nome.

Quando estreou o Xuxa Meneghel, em 17 de agosto de 2015, a loira não escondia a satisfação de comandar pela primeira vez um programa com total liberdade de criação e expressão – durante toda a sua trajetória na Globo, a eterna Rainha dos Baixinhos não participava das decisões artísticas de suas atrações. Mas essa autonomia, que tinha como sua única exceção assuntos ligados à religião, se esvaziaria com o tempo.

A primeira temporada do programa chegou ao fim com 7,2 pontos de média, mas os índices já deixavam claro que, em relação às primeiras semanas, Xuxa já estava perdendo audiência. Em janeiro de 2016, passada a empolgação da contratação e impulsionada por cobranças do mercado publicitário, a Record determinou que o programa fosse exibido gravado, para editar tudo o que for “chulo e vulgar”, tendo como base os princípios morais da Igreja Universal do Reino de Deus.

As mudanças não foram bem recebidas pelo público, e a segunda temporada chegaria ao fim com apenas 5,8 pontos de média, o que foi determinante para uma série de mudanças na direção e no roteiro, que culminaram no fim da atração em 19 de dezembro de 2016 – sem alarde, vale registrar, já que até então o canal havia assegurado uma nova temporada do formato para o ano seguinte.

Neste período, Xuxa já estava envolvida nos bastidores com Dancing Brasil, versão brasileira do estadunidense Dancing With The Stars (Endemol), que até então era apresentado como um quadro do programa da loira, porém acabou se tornando uma atração própria, o que se confirmaria o fim definitivo do Xuxa Meneghel e marcaria uma nova era da apresentadora na Record.

A primeira temporada do Dancing Brasil decepcionou logo na estreia, no dia 3 de abril de 2017, registrando apenas 5 pontos – a média geral da primeira temporada foi de 6 pontos, atrás da Globo e do SBT. Apesar dos baixos índices, o reality tinha boa recepção entre os anunciantes e ganhou outras quatro temporadas, todas elas atraindo praticamente a mesma audiência mediana.

Após pedidos de Xuxa por novos formatos, além do Dancing, a Record estreou em 6 fevereiro de 2019 o The Four Brasil, novamente a versão brasileira de um programa estadunidense. A competição musical, mesmo sem grande novidade no formato, trouxe um respiro para a apresentadora e estreou com 7,4 pontos de média. A boa audiência se manteve ao longo das oito semanas do reality, chegando ao fim no dia 27 de março com uma média acumulada de 6,7 pontos.

A segunda temporada do The Four, entretanto, se tornou um problema para a Record e frustrou um sonho antigo de Xuxa em voltar a apresentar uma atração aos domingos. O programa estreou em um domingo, no dia 14 de fevereiro, mas acabou mudando para as quartas-feiras duas semanas depois, depois de marcar apenas 6 pontos na estreia e 5 pontos no domingo seguinte.

No novo dia, a audiência caiu mais ainda, chegando a anotar apenas 3 pontos nos dias 15 e 21 de abril. O reality encerrou sua temporada de forma improvisada, por conta da pandemia do coronavírus, e se despediu de forma dramática, com apenas 3,7 pontos de audiência. A média da temporada foi de 4,2 pontos, uma queda de 37% em comparação com a edição anterior.

Em relação ao seu primeiro ano de emissora, Xuxa deixou de ser assistida por 41% de seus telespectadores. Pior, ela agora enfrenta uma incerteza em relação ao futuro. Com o desgaste do Dancing Brasil e do The Four, a ex-global deve ser testada em outros formatos e dificilmente encontrará a estabilidade que a consagrou na TV por mais de 30 anos. Isso se renovar com a Record, algo cada vez mais improvável.

Confira as audiências de Xuxa na Record

Xuxa Meneghel 1ª temporada – 7,2 pontos

Xuxa Meneghel 2ª temporada – 5,8 pontos

Dancing Brasil 1ª temporada – 6,0 pontos

Dancing Brasil 2ª temporada – 6,0 pontos

Dancing Brasil 3ª temporada – 6,2 pontos

Dancing Brasil 4ª temporada – 6,0 pontos

Dancing Brasil 5ª temporada – 5,2 pontos

The Four Brasil 1ª temporada – 6,7 pontos

The Four Brasil 2ª temporada – 4,2 pontos

Daniel Ribeiro cobre televisão desde 2010. No RD1, ao longo de três passagens, já foi repórter e colunista. Especializado em fotografia, retorna ao site para assinar uma coluna que virou referência enquanto esteve à frente, a Curto-Circuito. Pode ser encontrado no Twitter através do @danielmiede ou no danielribeiro@rd1.com.br.

WordPress Lightbox