Zig Zag Arena foi mais um equívoco do Entretenimento da Globo

Zig Zag Arena
Fernanda Gentil à frente do Zig Zag Arena; programa sai do ar neste domingo (19) (Imagem: Reprodução / Globo)

A Globo precipitou o fim do Zig Zag Arena. O game show de Fernanda Gentil vai ao ar pela última vez neste domingo (19). A previsão inicial era de que a atração permanecesse no vídeo até 30 de janeiro. Sete episódios foram descartados, contando o que deixou de ser exibido em 7 de novembro por conta da cobertura da morte de Marília Mendonça.

Com o Zig Zag Arena, a Globo mostrou, mais uma vez, a incompatibilidade dos criadores da casa com game shows. Aliás, o que funcionou no Entretenimento da rede nos últimos anos fora os realities? Tomara que Caia, Adnight, Lazinho com Você, Os Melhores Anos das Nossas Vidas, Simples Assim… Mais uma vez, nada deu certo, da proposta à execução.

O cenário, grandioso, hospedou provas confusas, de propósitos tão atabalhoados quanto. Fernanda Gentil, sabe-se lá porquê, manteve a personagem do Se Joga, outra investida de triste lembrança. Os roteiros preparados para ela são sempre, e sabe-se lá porquê, forçadamente engraçados. O narrador Everaldo Marques e os comentaristas Hortência e Marco Luque também pecaram pelo excesso, inclusive de decibéis.

Veja Também

Em meio ao processo de restruturação, especialmente financeira, a Globo precisa focar no que é de fato interessante, assertivo e rentável. A crise criativa no Entretenimento está mais do que evidente. O aproveitamento de Fernanda Gentil no setor também passa longe do ideal – de incursão bem-sucedida apenas pelo Encontro, com foco no jornalismo e em anônimos. 2022 é logo ali e a emissora sabe bem que precisa buscar o certo ao invés de seguir apostando no duvidoso.

Aliás…

Os domingos da Globo, a partir de 23 de janeiro, vão contar com a segunda temporada do The Masked Singer Brasil às 16h. Substituto oficial do Zig Zag Arena, o The Voice + tem estreia agendada para o dia 30 do mesmo mês. A faixa Campeões de Bilheteria, muito provavelmente, cobre a vaga do programa agora cancelado até o lançamento do reality conduzido por André Marques.

Enquanto isso, o Globo Rural segue pleno com seus dois dígitos, às 8h! Como as muitas cabeças pensantes do canal não atinaram, até o momento, para a aposta mais robusta no segmento, com o resgate do Som Brasil, criado por Rolando Boldrin e mantido por Lima Duarte nos anos 1980, ou a ampliação do Bem Sertanejo, quadro de Michel Teló para o Fantástico?

Falha nossa

Os fãs de Páginas da Vida, em reprise no Canal Viva, estranharam a curta duração do capítulo desta quinta-feira (16), um dos mais importantes da novela de Manoel Carlos – o do parto de Nanda (Fernanda Vasconcellos). Cenas como a chegada da moça ao hospital onde Helena (Regina Duarte) trabalha foram suprimidas. Ao que tudo indica, um problema de ordem técnica que deverá ser corrigido em breve no Globoplay e no Viva Play, plataformas que hospedam a trama, e na maratona do próximo domingo, a partir das 18h.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Duh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog Vivo no Viva, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›