Adriana Esteves grava dois finais para Thelma, em Amor de Mãe

Amor de Mãe
Adriana Esteves (Thelma) em Amor de Mãe; personagem deve morrer no último capítulo (Imagem: João Cotta / Globo)

O aneurisma de Thelma (Adriana Esteves) deve romper no último dos 23 capítulos da fase final de Amor de Mãe. Adriana, aliás, já gravou a cena da morte da controversa personagem, que começou a novela sofrendo por conta da doença e chegou ao fim da primeira fase matando Rita (Mariana Nunes) para esconder o maior de seus crimes: a compra de Danilo (Chay Suede), filho biológico de Lurdes (Regina Casé), quando criança.

De acordo com informações da jornalista Carla Bittencourt, do Extra, a produção da trama assinada por Manuela Dias também gravou outro desfecho para Thelma, com o intuito de despistar a imprensa. Neste “final alternativo”, ela segue viva. Antes, porém, a comerciante some com o filho de Danilo e Camila (Jéssica Ellen), concebido após uma artimanha dela – a do furo nas camisinhas do filho.

Na fase final de Amor de Mãe, Thelma também mata a amiga Jane (Isabel Teixeira), outra testemunha do segredo que guarda a sete chaves. E sequestra Lurdes, buscando evitar que ela revele a verdadeira identidade de Danilo.

Ao longo da narrativa, Thelma foi de mocinha desenganada à bandida cruel. Os distúrbios de comportamento estão ligados à perda do filho, ainda bebê, num incêndio. A comerciante então comprou Domenico / Danilo (Eros Lazari) das mãos de Kátia (Stella Rabello / Vera Holtz), na tentativa de substituir o herdeiro morto. O rapaz foi superprotegido por ela ao longo de toda vida.

Para poupá-lo de aborrecimentos, Thelma chegou a celebrar a morte do irmão Sinésio (Júlio Andrade), que ameaçava contar tudo sobre o aneurisma ao “falso sobrinho” caso ela não vendesse o restaurante da família. Ainda, a intromissão nos relacionamentos de Danilo com Amanda (Camila Márdila) e Camila e o suborno de nomes envolvidos no esquema de compra e venda de crianças, como o enfermeiro Eudésio (Wilson Rabelo).

Amor de Mãe deve voltar ao vídeo, conforme adiantou Duh Secco em sua coluna no RD1, em 8 de março. No dia 5 de abril, o folhetim cede a vaga para Um Lugar ao Sol, de Lícia Manzo. Em 4 de outubro, estreia Pantanal, remake desenvolvido por Bruno Luperi.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›