Alexandre Frota
Alexandre Frota ataca Jair Bolsonaro após sanção de lei (Imagens: Reprodução / Instagram – TV Brasil)

Alexandre Frota detonou o presidente Jair Bolsonaro por sancionar a lei do Fundo Eleitoral. Nas próximas eleições, os partidos terão uma verba de R$ 2 bilhões para gastos. No Twitter, o parlamentar não poupou críticas após o anúncio da decisão.

O tucano afirmou que o capitão tomou a decisão na surdina e aproveitou as últimas polêmicas envolvendo o governo. “Passou no sapatinho, ele aproveitou a confusão da Secom, que é verdade, aproveitou a confusão do covarde do [Roberto] Alvim e sancionou o Fundão eleitoral“, argumentou.

Em seguida, Alexandre chamou o chefe do Executivo de “ratinho“. “Trabalhou na sombra, na calada como um ratinho. Não tem coragem para agir no cara a cara, faz na calada da noite. E aí Brasil?“, questionou.

O ex-ator agradeceu o fato de ter saído da base do governo. “Ainda bem que nessa Corrida Maluca que é o Governo Bolsonaro eu cheguei primeiro. Fui criticado, xingado, até ameaçado…“, recordou.

No final da declaração, Frota xingou Bolsonaro e sugeriu “espancá-lo”. “Muitos que batem hoje no Bolsonaro bateram em mim antes. Mas sou democrático e deixo entrar no time. Vamos espancar o rato juntos“, disparou.

Confira:

Alexandre Frota diz que ministro de Bolsonaro escuta Ludmilla

Crítico de governos de esquerda e ex-apoiador do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o deputado federal por São Paulo, Alexandre Frota (PSDB), voltou a detonar membros do governo e, de quebra, falou sobre a Lei Rouanet.

Em dois tuítes, o político disparou críticas e comentou sobre o discurso do presidente, que não estaria sendo cumprido à risca. Em dos posts, ele compartilhou uma matéria do Estadão e soltou o verbo contra Camilo Calandreli, secretário de Fomento e Incentivo à Cultura.

Secretário diz que Rouanet é benéfica e é natural que conservadores queiram recursos. Bolsonaro na campanha prometeu acabar com a farra da Cultura que a Rouanet era tóxica. O seu Governo até agora gastou mais que os outros“, escreveu o ex-ator pornô.

Em outra publicação, Alexandre Frota também falou a respeito do  ex-ministro do Desenvolvimento Social e atual Ministro da Cidadania do governo Bolsonaro, Osmar Terra, que criticou publicamente a música Verdinha, de Ludmilla, dizendo ser lobby para a maconha.

Ministro? Osmar ‘Treva’ anda ouvindo Ludmilla. Esse senhor está preocupado com o lobby da maconha. Ajudou a afundar a Cultura com aval do Bolsonaro, foi banido de lá e ainda não mostrou nada no Ministério do Sono comandado por ele. Para de se preocupar com a Ludmilla“, escreveu o deputado, completando com um emoji de dedo do meio.

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

SIGA AGORA