Alexandre Garcia lê tuíte falso em rede nacional e é repreendido pela CNN Brasil

Alexandre Garcia
Alexandre Garcia compartilha fake news ao vivo na CNN Brasil e é repreendido (Imagem: Reprodução / CNN Brasil)

Alexandre Garcia compartilhou uma fake news ao vivo na CNN Brasil envolvendo a médica Ludhmila Hajjar, apontada até a última segunda-feira (15) como a nova ministra da Saúde. A atitude do veterano deixou a web revoltada.

Ela declinou do convite ontem, mas o comentarista da CNN Brasil leu um tweet falso, atribuído a ela, que dizia ter aceitado a proposta do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para comandar a pasta no lugar de Eduardo Pazuello.

“Agradeço ao presidente Jair Bolsonaro pela confiança do convite para assumir o Ministério da Saúde, com a responsabilidade de continuar o trabalho de enfrentamento a covid-19. Certamente terei colaboração. Deus me ilumine nessa missão”, disse ele lendo o tweet falso.

Logo depois, o âncora da CNN Brasil interrompeu o quadro e corrigiu o colega no ar. “Alexandre, sobre o tweet que você falou da doutora Ludhmila Hajjar, nós entramos em contato com a assessoria de comunicação da doutora Ludhmila, e ela afirmou que esse tweet que você citou é um tweet falso”, constatou.

Direto do seu escritório, Garcia fez cara de paisagem. No Twitter, os internautas caíram em cima do jornalista e do canal de notícias, que completou um ano no ar ontem, 15 de março.

Confira a repercussão na web:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›