Aline Barros é acusada e Léo Áquilla expõe o marido da cantora

Aline Barros
Aline Barros e o marido foram acusados de homofobia por Léo Áquilla (Imagem: Reprodução / Montagem)

Léo Áquilla comprou briga com a cantora Aline Barros e está indo até o fim com as suas acusações. Tudo começou quando as duas dividiram o palco do mesmo evento e a artista gospel não quis cumprimentar a musa LGBTQ.

A situação virou notícia na revista Veja e, diante disso, a loira se pronunciou em seu perfil no Instagram, dizendo que o caso realmente aconteceu. No entanto, o marido de Aline Barros resolveu entrar na história e defender a esposa.

O pastor Gilmar Santos disse que, no dia do evento beneficente dedicado ao GRAACC (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer), Aline estava atrasada para um voo e acabou não dando tempo falar com ninguém.

Foi aí que Léo Áquilla detonou o pastor e o expôs, revelando que ele mentiu em suas declarações à imprensa. “O marido dela, o tal do Gilmar, entrou na parada e não falou a verdade. Ela ficou em cena um tempão”, disse.

“Ela teve tempo de me cumprimentar quando quisesse. Ela não dirigiu o olhar pra mim em nenhum momento. Que que é? Ela tava com nojo? Eu tava tão bonita, tão educada, tão amorosa… Ela teve fobia de olhar pra mim, teve fobia de se aproximar de mim”, revelou.

“Eu também era fã dela, mesmo com a história de homofobia em torno dela. Mesmo após a funcionária dela ter processado por homofobia. Eu até cantava uma música dela. Aquela voz doce vai entrando na gente e é uma coisa horrorosa”, disparou.

“A desculpa que o marido dela deu em nota é que eu estou equivocada. Ele disse que ela não me cumprimentou porque estava com pressa. Que preguiça de vocês. Ela não estava com pressa coisa nenhuma”, disse ainda sobre Aline Barros.

CONTINUE LENDO →

Publicitário e Jornalista de Celebridades, Lucas Medeiros compartilha todos os dias o cotidiano dos famosos de maneira leve, original e divertida. Acompanhe tudo clicando aqui!