André Rizek detona jogadores da Seleção por manifesto polêmica: “Não veio posição política”

André Rizek
André Rizek reclamou de atitude dos jogadores da Seleção Brasileira (Imagem: Reprodução / SporTV)

André Rizek foi mais um famoso que criticou os jogadores da Seleção Brasileira por manifesto sobre a participação da equipe na Copa América, que será realizada no Brasil. Os atletas afirmaram em texto que não concordavam com a realização do evento no país, mas aceitariam participar.

No Seleção SporTV, o apresentador, então, disse que já esperava o “texto Frankenstein” e declarou que a decepção em relação ao tom do manifesto está relacionada à alta expectativa das pessoas sobre os jogadores.

“É muito texto e pouca informação direta, mas é algo que eu já esperava, por tudo aquilo que eu já vinha apurando, e pelo que a gente vinha divulgando aqui. Eles fizeram meio que um texto Frankenstein, deixando claro que há um desconforto, e eu informo que esse desconforto, em boa parte, é porque eles queriam férias, e acho legítimo da parte deles quererem férias”, começou o famoso.

André Rizek seguiu: “A pergunta que eu faço a você que está em casa é a seguinte: Você está decepcionado com o texto ou com a expectativa que você tinha do que seria o texto?”.

“Acho que a maior parte das pessoas está decepcionada porque projetou um manifesto, uma posição política muito forte, e ela não veio, como não viria”, acrescentou o marido de Andréia Sadi no programa esportivo.

Em seguida, Rizek decidiu prestar uma “mini solidariedade” aos jogadores da Seleção Brasileira: “Eu quero prestar uma mini solidariedade no seguinte sentido: uma coisa é você ter a sua posição pessoal. (…) Uma vez os eventos acontecendo, a minha obrigação é cobrir esses eventos”.

“Então, fazendo um paralelo, os jogadores vão jogar a Copa América, mesmo que alguns não se sintam confortáveis”, completou ele.

No texto, os atletas fizeram críticas à Conmebol e à realização da Copa América, porém decidiram que irão disputar a competição. “Quando nasce um brasileiro, nasce um torcedor. E para os mais de 200 milhões de torcedores escrevemos essa carta para expor nossa opinião quanto a realização da Copa América”, declara o comunicado.

“Somos um grupo coeso, porém com ideias distintas. Por diversas razões, sejam elas humanitárias ou de cunho profissional, estamos insatisfeitos com a condução da Copa América pela Conmebol, fosse ela sediada tardiamente no Chile ou mesmo no Brasil”, diz um dos trechos da nota.

A equipe ainda se posiciona: “É importante frisar que em nenhum momento quisemos tornar essa discussão política. Somos conscientes da importância da nossa posição, acompanhamos o que é veiculado pela mídia mídia estamos presentes nas redes sociais. Nos manifestamos, também, para evitar que mais notícias falsas envolvendo nossos nomes circulem à revelia dos fatos verdadeiros”.

Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com
Veja mais ›