Andréia Sadi desabafa sobre os sufocos da maternidade e “alfineta” André Rizek

Andréia Sadi e André Rizek
Andréia Sadi desabafa sobre os sufocos da maternidade e alfineta André Rizek (Imagens: Reprodução – Globoplay / Montagem – RD1)

André Rizek e Andréia Sadi são casados desde 2020 e desta união nasceu João e Pedro, os filhos do casal. A jornalista da GloboNews abriu o jogo sobre o sufoco de cuidar dos herdeiros e ainda deu uma alfinetada no marido em tom bem-humorado, ao responder seguidores.

Nos Stories do Instagram, a mamãe de gêmeos lançou uma caixinha de perguntas e logo mandou a real sobre seu cansaço: “É rave, fia”. Além disso, a esposa de André falou que tem aprendido tudo na prática: “Isso de aprender no dia a dia eu acho o mais legal… Tem manual não: melhor jeito, até agora, é fazendo”.

Continuando essa sessão de sinceridade, a repórter contou que a aterrorizaram antes dela dar à luz João e Pedro: “Na gravidez, fizeram tanto terror psicológico comigo (desde ‘sua vida vai acabar’, ‘nunca mais você ai dormir’ e outros), que não romantizei a gravidez. Estava esperando um grande caos. Mas acho que, por isso, quando vi que era um caos duplo, ok, fiquei de boa”.

Andréia entendeu que a maternidade a transformou como mulher: “Muda! Incrível, né? Eu brinco que eles testam a minha frase ‘tá pra nascer homem que vai mandar em mim’. Deus mandou logo dois que intercalam berros, choros e sorrisos”.

A mamãe de gêmeos ainda disparou uma indireta para André Rizek, em tom amistoso, ainda admitindo que nunca mais teve tempo de fazer as unhas: “Ah, e proibi o marido de usar a frase ‘nossa, hoje tô cansado’ durante o período da amamentação dupla, licença, sono zuado”.

Aproveitando a deixa, Andréia Sadi continuou o assunto sobre o amparo dos pais nessa fase delicada: “Importante apoio e parceria nesse momento. É muito difícil pra mãe recém-nascida ter de lidar com todas as novidades incluindo o bebê e ainda ter de se explicar pro parceiro, se houver cobrança. Apoio é fundamental e diz muito sobre o pai”.

E continuou, passando uma mensagem aos homens que possam lê-la na rede social: “Olha lá: escuto tanto isso, sabia? E fico irritada e acho o fim, sinceramente. Pai não ajuda, [não] dá uma forcinha. Pai divide, participa igual. Os filhos são dele também. Brinco que tem pai que, por trocar uma fralda, quer uma medalha de honra ao mérito. Segura, migo”.

A jornalista ficou admirada ao perceber que João e Pedro tem crescido bem rápido: “Mas se eu disser que estou sofrendo porque não quero que deixem de ser bebezinhos? Eu falo que queria guardar os fofuchos num potinho. Tô vendo como passa rápido, mesmo”.

Andréia citou que o fato de ser mãe mexe com cabeça, hormônios e emoções e revelou como tem se reconectado como pessoa: “Nos primeiros 45 dias que me via no espelho e não me reconhecia. Comecei a me forçar a resgatar alguma coisa que fosse só minha. Por aqui, é o exercício físico diário e terapia, nem que seja a cada 25 dias. Sanidade mental e corpo saudável me dão um respiro”.

Por fim, a parceira de Andréia Sadi apontou que é impossível definir o tamanho do amor por suas crias: “Às vezes tô olhando pra um mamando… ou o outro dormindo… e começo a chorar do nada. Sou uma mamãe banana”.

Confira:

Andréia Sadi
Andréia Sadi conversa com seus seguidores (Imagens: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)
Andréia Sadi
Andréia Sadi conversa com seus seguidores (Imagens: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)
Andréia Sadi
Andréia Sadi conversa com seus seguidores (Imagens: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)
Andréia Sadi
Andréia Sadi conversa com seus seguidores (Imagens: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)
Andréia Sadi
Andréia Sadi conversa com seus seguidores (Imagens: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›