Anitta revela maior aprendizado que teve ao ficar famosa

Anitta
Anitta abriu o jogo sobre o preço de ser reconhecida (Imagem: Reprodução / Instagram)

A cantora Anitta abriu o jogo ao falar sobre fama. Em entrevista a rádio Disney, a funkeira, que tem dez anos de carreira, confessou que o fato de ser conhecida lhe deu mais sabedoria para se relacionar interpessoalmente:

“Meu maior aprendizado foi saber separar. Cada pessoa é para alguma coisa na sua vida. Existem vários tipos de amizade, vários tipos de relações. Existem vários tipos de amizade, vários tipos de relações. E antes eu colocava tudo muito mesmo na mesma caixa. Confiava muito em todo mundo. Tudo para mim ia ser perfeito. Eu tinha sempre altas expectativas. Hoje eu entendo que cada pessoa tem sua personalidade, cada coisa tem seu direcionamento… Tem gente que é muito bacana para você curtir, sair, arrasar. Mas para outras coisas já não é tão legal. Tem gente que é muito legal para trabalhar, mas na vida pessoal já não é tanto. Hoje já sei enxergar isso e não misturo mais as coisas”.

Ao comentar sobre o fato dos fãs internacionais a terem como referência, Anitta foi sincera: “Eu acho que é uma responsabilidade a mais. Muita gente tem referências de um país com cultura: música, filmes, entretenimento. Quando a gente percebe que as pessoas buscam essas referências, a gente quer arrasar“, afirmou.

Em recente entrevista ao Profissão Repórter, a carioca celebrou o sucesso de sua carreira fora do Brasil. “Ter uma carreira internacional é uma coisa que é muito difícil, uma coisa que você não tem esses exemplos, uma coisa que você não vê assim”, disse a famosa.

Anitta seguiu: “Conseguir exportar o meu trabalho, conseguir cantar em outros idiomas… Eu tenho músicas em espanhol que foram grandes sucessos. Hoje ter ‘Girls from Rio’ tocando todas as rádios dos Estados Unidos”.

Direto da República Dominicana, a funkeira conversou com Caco Barcellos e disse como é servir de modelo para várias pessoas. “Eu fico feliz porque eu encontro isso em todas as classes, em todas as áreas. Pode ser na garota da laje, ou pode ser da garota do castelo, do palácio, da Zona Sul…”, comentou ela.

Eu acho muito legal, porque as pessoas entendem que eu não preciso abandonar minha raiz, ou quem eu sou, a minha simplicidade, para que eu seja bem sucedida, para que eu seja admirada pelas outras pessoas que são diferentes do meu nicho. Pensava-se que era uma coisa muito de sorte: ‘ah, deu para todo mundo’, ‘ah, mostrou a bunda’”, relatou.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›