Anti-Bolsonaro, Alexandre Frota recorda frases chocantes do presidente

Alexandre Frota
Alexandre Frota recorda frases de Jair Bolsonaro (Imagem: Reprodução – TV Cultura – SBT / Montagem – RD1)

Alexandre Frota (PSDB-SP) recordou algumas frases do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O contra-ataque do deputado federal veio à tona em razão das queixas do eleitorado bolsonarista sobre as piadas e memes envolvendo o estado de saúde do “capitão”.

“Só para lembrar”, escreveu Alexandre Frota no Twitter. No post, uma série de frases polêmicas do atual Chefe do Executivo.

Uma frase envolvendo a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) esteve entre as mais chocantes. “Espero que saia; infartada, com câncer, de qualquer jeito”, disparou em 2015, um ano antes do impeachment.

Em outro momento, ele atacou os homossexuais. “Não vou combater nem discriminar, mas se eu ver dois homens se beijando na rua, vou bater”, declarou em 2002. Em 2011, Bolsonaro soltou outra indireta contra a comunidade LGBTQIA+: “Prefiro filho morto em acidente a um homossexual”.

O regime militar também foi alvo de Bolsonaro. Para Jair, “o erro da ditadura foi torturar e não matar”. Por falar em morte, o ex-deputado federal lançou algo semelhante sobre o PT: “Vamos fuzilar a petralhada toda aqui do Acre!”. Sobre a ditadura, a declaração foi feita em 2016. O recado contra o PT foi em 2018, na época da eleição.

O presidente Jair Bolsonaro foi internado no hospital das Forças Armadas, em Brasília, na manhã da última quarta-feira (14). Ele se queixou de fortes dores abdominais durante a madrugada no Palácio do Planalto.

Examinado, ele foi diagnosticado com um quadro de obstrução intestinal e foi transferido com urgência para o hospital Vila Nova Star, em São Paulo. Bolsonaro passou bem a noite e realizou novos exames de imagem durante esta quinta-feira (15).

O Cirurgião gástrico Antonio Luiz Macedo informou que o paciente receberá um tratamento “clínico conservador”. Canais como GloboNews e CNN Brasil acompanharam o passo a passo da viagem do presidente da República da capital federal até São Paulo, onde foi recepcionado por uma equipe médica em uma UTI móvel.

Confira:

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›