Após negacionismo, roqueiro detona Globo por atitude contra ele

Globo
Marcelo Nova soltou o verbo contra telejornal da Globo que deu entrevista recentemente (Imagem: Reprodução/ SBT)

Marcelo Nova deu entrevista para o The Noite, do SBT, nos últimos dias, e aproveitou a oportunidade para soltar críticas aos defensores do isolamento social durante a pandemia da covid-19. O roqueiro ainda criticou um telejornal da TV Bahia, afiliada da Globo, onde causou polêmica recentemente.

“No Dia do Rock eu fui convidado a dar uma entrevista na TV Bahia, em Salvador. E eu me manifestei com uma certa veemência a favor da individualidade, do direito inegável ao cidadão de ir e vir, da liberdade. E, curiosamente, algumas pessoas disseram que o meu manifesto, a minha fala, foi desprovida de consciência social”, disparou o vocalista do Camisa de Vênus.

O famoso ainda desabafou sobre as críticas recebidas por parte da sociedade que apoia os protocolos defendidos por cientistas para conter a pandemia.

“A consciência social dessa gente do fica em casa é a seguinte: os porteiros do meu prédio, pra eles não valem. Essa gente pobre que não tem carro, que anda de metrô, que anda de ônibus, eles têm que me servir. Eles têm que trazer o meu delivery, eles têm que trazer a minha correspondência. O pessoal da segurança do condomínio tem que ficar lá para garantir a minha tranquilidade”, disse.

Marcelo Nova ainda falou: “Então, essa consciência social só vale se for a favor deles. Se não for a favor deles: para que? Porque eu vou me preocupar com essa gente? Gente de terceira categoria. E se pegarem Covid, adoecerem e morrerem, qual é o problema, botamos outros no lugar? Esse é o tamanho da consciência coletiva que essa gente prega”.

Também sobre o assunto, ele criticou um suposto “silêncio ao redor” do tema, porque, na sua visão, muita gente tem medo de se expor e perder seguidores nas redes sociais.

“Eu estou pouco me lixando pra like e pra dislike, eu não dependo disso pra viver. Não represento direita, não represento esquerda, não sou filiado a nenhum partido político, agora, não abro mão de expressar a minha opinião de cidadão”, garantiu.

Por fim, se mostrou indignado por ter sido cortado da entrevista da afiliada da Globo: “Ninguém me contestou durante a entrevista, ninguém me interpelou, e depois de dois minutos e vinte segundos eu fui tirado do ar na tal da democracia que essa gente da consciência social vive enaltecendo. Eu fui um indivíduo, um cidadão, falando em seu próprio nome e de mais ninguém. E eu fui tirado do ar em pleno exercício democrático”.

O caso aconteceu no mês passado. Ao vivo, o cantor criticou o isolamento social e outras medidas sanitárias. As falas surpreenderam os apresentadores Ricardo Ishmael, Thaic Carvalho e o jornalista Gustavo Castelucci, no estúdio. A Globo até decidiu retirar a entrevista com Marcelo Nova na edição divulgada no Globoplay.

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›