Às vésperas de atos violentos, Túlio Gadêlha sugere tratamento para apoiadores de Bolsonaro

Túlio Gadêlha
Túlio Gadêlha usa rede social e manda recado a eleitores do presidente Jair Bolsonaro antes de protestos (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Túlio Gadêlha, deputado federal pelo PDT de Pernambuco, apresentou aos seguidores do Instagram uma nova publicação, desta vez sobre os atos antidemocráticos previstos para a semana que vem. O político sugeriu tratamento psiquiátrico para os eleitores fiéis do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Na rede social, o vídeo começou com as frases mais mencionadas pelo eleitores do presidente contra o STF (Supremo Tribunal Federal) e contra o Congresso Nacional:

“O dia 7 de setembro se aproxima. Se você é um patriota que vê o Brasil acima de tudo e Deus acima de todos, se você vê sua liberdade ameaçada por ministros da Suprema Corte, se você vê que os líderes do nosso país não conseguem cumprir a sua missão por interferência do Congresso e do Judiciário, se você quer lutar contra a ameaça comunista, procure ajuda profissional. Você apresenta sérios problemas de dissonância cognitiva e/ou alucinações”.

Os fãs do namorado de Fátima Bernardes não perderam tempo e alfinetaram os fanáticos. “Procure o posto de saúde mais próximo, ou leia um livro de História”, recomendou um. “Se você tem algum desses sintomas, procure um médico ou psicólogo”, aconselhou mais um.

Um terceiro ironizou Túlio Gadêlha e revidou: “O Brasil jamais será vermelho…”. Ele, por sua vez, foi surpreendido por outro, que rebateu o comentário: “O Brasil está no vermelho. Ou melhor, os brasileiros estão no vermelho”.

No mês passado, Túlio partiu para o deboche contra Bolsonaro após o desfile com tanques em Brasília. Ele buscou uma foto no Google do presidente, colocou no stories do Instagram com imagens e gifs do personagem Patrick, do Bob Esponja, um tanque atirando arco-íris, e tudo ao som da canção Parabéns da Xuxa.

“Bolsonaro decidiu desfilar com tanques de guerra em plena democracia. Usem a criatividade. Toda forma de protesto é válida”, defendeu. Tanques e outros veículos blindados da Marinha saíram em comboio pela Esplanada dos Ministérios sob o olhar atento do presidente Jair Bolsonaro e alguns dos seus auxiliares.

Segundo a Marinha, a exibição teve um motivo pacífico e longe de ser político: convidar Bolsonaro a participar de um treinamento de militares das três forças (mais Exército e Aeronáutica) em Formosa (GO).

Confira:

MAIS LIDAS

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›