Gugu Liberato apresenta o “Canta Comigo” (Imagem: Antonio Chahestian / Record)

Se a ideia da Record com o lançamento do “Canta Comigo” era recuperar a vice-liderança perdida para o SBT, pode-se afirmar, sem medo de errar, que a empreitada foi um fracasso e tanto.

Ao longo de seus dois meses de exibição, o programa de Gugu Liberato, uma versão do britânico “All Together Now”, perdeu para o canal de Silvio Santos em todos e cada um de seus episódios.

A média geral do “Canta Comigo” – finalizado na última quarta-feira (12) – foi de 7,5 pontos, contra 8,3 do SBT nos mesmos dia e horário. Cada ponto equivale a 71,8 mil domicílios na Grande São Paulo.

Em sua estreia, no dia 18 de julho, o reality musical anotou 8,2 pontos de média, contra 9,0 do concorrente, que no confronto, ao longo desses nove episódios, levou ao ar o “Pra Ganhar é Só Rodar”, game show da Jequiti, e o “Programa do Ratinho”.

Em todas as demais datas, o placar foi favorável ao SBT: 25/07 (8,8 x 7,5), 01/08 (9,4 x 7,6), 08/08 (8,3 x 8,1), 15/08 (7,9 x 7,7), 22/08 (8,0 x 7,3), 29/08 (7,8 x 6,8), 05/09 (9,0 x 6,9) e 12/09 (8,1 x 7,2).

Apesar do resultado adverso, a Record já bateu o martelo e anunciou que produzirá uma nova temporada do “Canta Comigo” em 2019. As inscrições, inclusive, já estão abertas no site da emissora. Até lá, porém, a direção do canal terá que se reunir com Gugu e acertar a renovação do contrato do apresentador, que chega ao fim em dezembro.

Saiba Mais:

Audiência da TV: “Que Pobres Tão Ricos” perde outra vez para a Band e amarga 4º lugar

Audiência da TV: “Vídeo Show” perde para a Record e empata com “Chaves”

Acompanhe muito mais na sua Rede Social preferida:

Instagram: @RD1Oficial

Twitter:   @RD1Oficial

Facebook: @RD1Oficial  


Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!