Audiência da TV: JN com Ana Luiza Guimarães, Alan Severiano e Fachel vai bem

Jornal Nacional
Ana Luiza Guimarães, de volta ao Jornal Nacional no último sábado (25); audiência aprova noticiário (Imagem: Reprodução / Globo)

O Jornal Nacional do último sábado (25) destacou a volta de Ana Luiza Guimarães à bancada e a estreia de Alan Severiano na apresentação do boletim sobre a pandemia de coronavírus. Foi justamente a covid-19 que afastou Ana Luiza do JN; a Globo optou por poupar a jornalista, no grupo de risco por conta do histórico de doença crônica – Guimarães enfrentou um câncer de pâncreas em 2016. A audiência correspondeu bem.

Dados aferidos na Grande São Paulo mostram que a edição de anteontem do Jornal Nacional emplacou 29,1 pontos. Trata-se do melhor índice do noticiário, aos sábados, desde 2 de maio; na ocasião, com a cobertura do depoimento do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro sobre a interferência de Jair Bolsonaro na Polícia Federal, o JN garantiu 30,8 de média.

Ana Luiza Guimarães dividiu a bancada com Flávio Fachel. Além de Alan, o Jornal Nacional contou com participação de Anne Lottermann na previsão do tempo.

O sábado na Globo trouxe ainda os 3,6 do Como Será? de Sandra Annenberg e os 5,2 do É de Casa, capitaneado por Ana Furtado, André Marques e Patrícia Poeta – com participação, por meio de chamada de vídeo, de Cissa Guimarães. O SP1, ancorado por Glória Vanique, acumulou 11 pontos. O Jornal Hoje, sob comando da titular Maju Coutinho, alcançou 12,5.

A última Sessão de Sábado da temporada destacou o clássico Uma Linda Mulher (1990), com Julia Roberts e Richard Gere, marcando 10,7 de média. O Caldeirão do Huck registrou 11,5.

O SP2, a cargo de Michelle Barros, amealhou 21,9 pontos. Na linha de shows, 18,6 para o último episódio de Diário de um Confinado e 10,7 do Altas Horas. Por fim, os filmes La Vingança (2016) em Supercine (5,9) e Irmã Dulce (2014) em Corujão (4). A clássica sessão das madrugadas contou ainda com 3,3 de Um Natal em Família (1998) e 2,8 de A Mansão Mágica (2013).

CONTINUE LENDO →

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.