BBB 2021: Caio e Rodolffo contam o que fariam se tivessem um filho homossexual

BBB 2021
No BBB 2021, Caio e Rodolffo contam o que fariam se tivessem um filho homossexual (Imagens: Reprodução – Globoplay / Montagem – RD1)

Sem tantos passatempos na casa, as conversas entre os participantes do BBB 2021 acabam virando uma grande distração. Caio e Rodolffo, lotados de estereótipos heterossexuais, tiveram uma conversa franca com Gilberto e Lumena, sobre a possibilidade de ter um filho gay.

Saiba tudo sobre o BBB 2021 na cobertura do RD1

A baiana, que é lésbica, enalteceu o apoio da família nessas ocasiões: “O apoio do pai e da mãe é sem igual. Às vezes você tem apoio na rua, não tem dentro de casa e, infelizmente, muitos se colocam em situação de vulnerabilidade. Eles querem viver suas histórias de amor“.

Gilberto salientou que gostar do mesmo sexo não é uma opção e sim uma condição: “Por isso que os pais tem que entender que não é uma escolha“.

Na sequência, Rodolffo prometeu que não vai se opor à sexualidade de um possível filho: “Cada ano que passa, vai caindo mais a ficha dessas pessoas. Se eu tiver uma filha ou um filho homossexual, eu não vou lutar contra isso. Tenho plena consciência disso“.

Caio concordou com o amigo e citou uma criança que conheceu como exemplo e também falou do amparo familiar: “Tem que lutar pela felicidade deles. Tem criança que já tem trejeitos afeminados com 3 ou 4 anos. Nada vai mudar aquilo. A rejeição dos pais gera um transtorno pra vida inteira na cabeça da pessoa, é muito pesado“.

“Pra vida toda, é f*da, muito doído isso”, declarou Lumena. O cantor sertanejo inclusive afirmou que mais gente tem se assumido homossexual: “Está aumentando o número de pessoas que têm buscado se assumir. A gente tem que ir atrás da felicidade da gente“.

Anteriormente, Rodolffo foi acusado de homofobia após reagir com estranheza ao beijo de Lucas Penteado e Gilberto, e ignorar esse último. Numa declaração antiga, negou isso:

Eu tenho a minha vida super resolvida em relação à minha heterossexualidade. Eu gosto demais de um monte de gays. Eu não tenho preconceito para estar junto e pra dar risada. Uma das criaturas que mais me faz bem e me dá risada é a criatura gay… E tá tudo certo. Ele lá com o boy [garoto] e eu lá com a girl [garota]“.

Confira:

Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›