Beija-Flor detona fala racista contra Neguinho na Jovem Pan

Zoe Martinez e Neguinho da Beija-Flor
Beija-Flor detona fala racista contra Neguinho na Jovem Pan (Imagens: Reprodução – Jovem Pan e Instagram / Montagem – RD1)

A fala de Zoe Martínez, da Jovem Pan, sobre Neguinho da Beija-Flor, fez a escola de samba do Rio de Janeiro condenar a atitude da profissional. A agremiação pontuou que o teor racista das falas foram “repugnantes”.

publicidade

Durante o programa Morning Show, a radialista defendeu Nelson Piquet, ex-piloto brasileiro que chamou Lewis Hamilton de “neguinho”. Porém, fez uma afirmação sobre o sambista ser “negro de uma forma que, na escuridão, você só vê a gengiva”.

Em uma nota divulgada nas plataformas digitais, a Beija-Flor ressaltou que Neguinho é um dos maiores destaques para o Carnaval do Brasil e completou 73 na última quarta-feira (29).

publicidade

Veja Também

“Neguinho não escapa do racismo. Nem aos 73. Nem no dia do próprio aniversário. Por isso, a Beija-Flor de Nilópolis vem a público repudiar as recentes menções ao artista em redes sociais e programa de rádio”, começou dizendo.

“Usuários utilizaram erroneamente o nome de Neguinho da Beija-Flor para tentar amenizar a declaração do ex-piloto brasileiro”, acrescentou a escola.

Beija-Flor ressalta o equívoco de usarem Neguinho para tentar amenizar outra situação chocante

A escola de samba carioca ainda citou que a profissional da Jovem Pan elevou o grau do equívoco, que já vinha sendo cometido pelos internautas.

“A profissional disse ao vivo: ‘Então, o Neguinho da Beija-Flor também é, né? Racista. E olha que ele é negro, negro, assim… que na escuridão a gente só vê a gengiva’. As frases de Zoe Martínez revoltam e causam repugnância em familiares e admiradores do aniversariante do dia”, disse a nota.

publicidade

“O sentimento é o mesmo na escola em que ele construiu a brilhante carreira, reconhecida nacional e internacionalmente. Ninguém tem licença para falar por Neguinho da Beija-Flor. Para presumir ou ironizar sua postura diante da intolerância. Para sugerir que ele tenha sido condescendente ao assumir uma identidade que ressignifica um modo preconceituoso de falar. Para embasar essa falsa percepção a partir da aparência do cantor”, continuou.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Eles também ressaltaram o importante papel do sambista na luta contra o racismo. Por fim, a agremiação criticou mais uma vez a fala racista em um veículo de comunicação e declarou que espera um pedido de desculpas.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
publicidade
Henrique CarlosHenrique Carlos
Apaixonado por televisão e cinema, desde 2009 trabalha com internet. Já passou por grandes veículos de comunicação e teve experiência no rádio. Atualmente estuda para continuar crescendo na área e pode ser acompanhado através do perfil @henriquethe2 no Twitter.