Blogueiro bolsonarista divulga falsa suspeita de vacina e Felipe Neto se revolta

Felipe Neto
Felipe Neto disparou contra blogueiro que divulgou fake news na web (Imagem: Reprodução / YouTube)

O blogueiro Allan dos Santos causou polêmica neste domingo (13). Isso porque, de acordo com o jornal O Globo, ele ajudou a disseminar a falsa suspeita de que o jogador Christian Eriksen sofreu uma parada cardíaca em decorrência de vacina contra a covid-19. Felipe Neto, então, reagiu furioso.

Em seu perfil do Twitter, o bolsonarista, que é investigado nos inquéritos no STF das fake news e dos atos antidemocráticos, postou a informação de que “o médico-chefe e cardiologista da equipe italiana confirmou via rádio italiana que Eriksen havia recebido a vacina Pfizer em 31 de Maio”.

Allan dos Santos ainda completou: “Há especulações de que ele teve coágulo sanguíneo ou miocardite, nada ainda confirmado em relação à vacina, mas o questionamento é grande”.

O jornal O Globo, porém, apresentou uma fala do diretor executivo da Inter de Milão, Giuseppe Marotta, sobre o caso. Ele disse que Eriksen nunca testou positivo para coronavírus e não recebeu a vacina contra a doença. O dirigente afastou qualquer especulação sobre uma possível influência do vírus ou de sua imunização no mal súbito que o jogador sofreu no sábado, durante partida.

Em seu perfil, Felipe Neto falou da informação e disparou: “O blogueiro bolsonarista vinculou o colapso do Eriksen em campo com a vacina da Pfizer. O Twitter não faz nada. O post já tem 1600 RTs e já atingiu uma quantidade enorme de pessoas. Nojo dessa corja podre”.

“Detalhe: Eriksen não teve Covid e NÃO foi vacinado ainda. E o blogueiro bolsonarista se recusa a apagar o post!”, completou o youtuber, revoltado.

Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›