Bolsonarista, primeiro eliminado do MasterChef erra em “bolo do Demônio” e acaba fora

MasterChef
Bernardo foi o primeiro eliminado da 8ª temporada do MasterChef (Imagem: Divulgação/ Band)

A oitava temporada do MasterChef Brasil teve início na Band nesta terça-feira (6). A primeira eliminação foi do empresário Bernardo, de 40 anos. Apoiador de Jair Bolsonaro (sem partido), ele não foi bem avaliado na “prova da eliminação” ao preparar um bolo para Henrique Fogaça, a estreante Helena Rizzo e Erick Jacquin.

No reality, ele entregou um Devil’s Food Cake (em português, Bolo do Demônio) com uma massa seca. A despedida aconteceu, inclusive, depois que o cozinheiro ficou na média no desafio de peixes de água doce e, na prova de eliminação, teve um embate com Heitor, que também teve desempenho ruim.

“Meter a mão na massa me mostrou o quão difícil é [cozinhar]. Foi o maior desafio da minha vida”, declarou Bernardo, antes de entregar o avental do programa.

No primeiro desafio da temporada do MasterChef Brasil, os participantes prepararam receitas com peixes. A prova contou com a participação especial do cantor Diogo Nogueira. Ele preparou uma moqueca baiana e foi elogiado pelos jurados do programa. “Eu gostaria de cantar da mesma forma que você cozinha”, brincou Jacquin.

Após as avaliações, Henrique Fogaça anuncio Ana Paula, Raquel e Isabella como as participantes que realizaram os melhores trabalhos.

Em seguida, os outros participantes realizaram um teste de paladar, com máscaras. Eduardo foi o único a acertar o alimento e também subiu ao mezanino. Bernardo, Heitor e Juliana se uniram aos outros participantes confirmados na “prova de eliminação”.

Durante a última etapa do dia, Bernardo pediu ajuda para os participantes do reality show que estavam no mezanino para reunir os ingredientes e admitiu não saber preparar doces.

“São anos andando armado no Rio de Janeiro. Ninguém tem o psicológico mais forte do que eu”, disparou o bolsonarista, enquanto finalizava o prato e comentava sobre a possibilidade de continuar na atração.

Na avaliação, Fogaça analisou: “Se você não tem confiança no que você vai fazer. A sua massa também ficou muito seca”.

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›