Bolsonaro vê Luciano Huck como piada e crava disputa com PT em 2022

Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro descarta disputa com Luciano Huck e vê candidatura de apresentar como piada (Imagem: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), mesmo com a situação caótica vivida pelo país por causa da pandemia do coronavírus, está com suas atenções voltadas para a eleição do próximo ano. Depois de dois anos sem sustos, ele vê em Lula (PT) o seu principal inimigo na manutenção do cargo.

O “capitão” acreditava como verdade absoluta que o seu concorrente no segundo turno da eleição de 2022 seria um nome do PT, e que sua vitória seria um verdadeiro passeio, mas a chegada do ex-presidente ao páreo mudou a sua teoria.

Além disso, a sua visão é clara sobre outros potenciais concorrentes: ele vê como piada pronta a candidatura do apresentador Luciano Huck e descarta uma briga com o ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, salvo algum problema de última hora. As informações são da jornalista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

Sobre o governador João Doria (PSDB), o seu principal rival na briga política na pandemia, vê com desdém pois acredita no desgaste dele e dos demais governadores perante o eleitorado por causa das medidas restritivas para conter o contágio do coronavírus nos Estados.

Ainda de acordo com a reportagem, com Lula na luta pelo Palácio do Planalto, um auxiliar de Bolsonaro vê mudanças no comportamento do seu chefe, que até o presente momento “jogava brincando”, e agora vai ter que tomar cuidada a cada passo até outubro de 2022.

Muitos acreditam que não, mas a campanha para 2022 já está valendo. O discurso de Lula na última quarta-feira (10) foi o pontapé inicial. Em sua fala, protestos e mais protestos foram vistos contra o trabalho de Bolsonaro no comando do Brasil.

“Esse país não cuida da economia, não cuida do emprego, do salário, da Saúde, do meio ambiente, da Educação, do jovem, da menina da periferia. Ou seja, do que que eles cuidam?”, questionou.

“Há quantos anos vocês não ouvem as palavras ‘investimento’, ‘desenvolvimento’ e ‘distribuição de renda’?”, indagou. “A vida inteira ele não foi nada. Ele nem era capitão, era tenente, foi promovido porque se aposentou”, atacou.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›